Primeiro exame deu negativo para paciente suspeito de ebola

Deu negativo o primeiro exame para diagnóstico do caso suspeito de infecção pelo vírus ebola.

O paciente, um brasileiro de 46 anos que esteve na Guiné (África), continua internado, em bom estado geral e em isolamento no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas (INI/Fiocruz), no Rio de Janeiro.

De acordo com os protocolos internacionais, a confirmação do diagnóstico só poderá ocorrer após a realização de um segundo exame.

A coleta da nova amostra de sangue será realizada e o novo resultado deverá sair no sábado (14/11).

Malária

Segundo boletim médico, o paciente apresentou resultado positivo para teste de malária e segue sendo tratamento para a doença, que é muito frequente no continente africano.

Até a confirmação final do resultado, todas as pessoas que tiveram contato com o paciente seguem sendo monitoradas.

Caso o segundo exame apresente resultado negativo, o paciente será retirado do isolamento e os 95 contactantes deixam de ser monitorados. Desses contactantes, 59 são pacientes da Unidade de Pronto-Atendimento da Pampulha, em Belo Horizonte, 31 profissionais de saúde e 5 pessoas que moravam no mesmo endereço que o paciente.


Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Exames

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.