Quero aquela bolsa: aplicativo de celular ajuda você a encontrar

Quero aquela bolsa: tecnologia robótica ajuda você a encontrar
O pesquisador está recebendo apoio da Universidade para tentar transformar seu programa caçador de bolsas em um sucesso comercial.
[Imagem: Universidad Carlos III]

Imagine que você está andando no shopping ou na rua e vê alguém com a bolsa dos seus sonhos.

Você gostaria muito de ter uma igual ou muito parecida.

O que fazer?

Simples: você discretamente passa perto da feliz dona da bolsa e usa seu celular para tirar uma foto do objeto dos seus desejos.

A seguir, você entra em um aplicativo especial e o programa lhe diz exatamente a loja onde você pode encontrar a bolsa mais parecida com aquela - se não igual.

A novidade está sendo lançada por Miguel González Fierro, pesquisador da Universidade Carlos III de Madri (Espanha).

A inovação é baseada em programas de inteligência artificial, um conjunto de técnicas normalmente utilizadas em robôs.

Seu modo de funcionamento é muito simples: "Você tira uma foto de uma bolsa com um smartphone, enquadra apenas a bolsa e, quando você clicar em 'Pesquisar' o sistema encontra a bolsa mais semelhante que está à venda," explica Miguel.

O aplicativo, que está em teste para os sistemas iOS e Android, já conta um banco de dados de mais de 15.000 bolsas de cerca de 300 marcas diferentes.

"Dependendo de sua aceitação e feedback das usuárias, nós planejamos adicionar novas funções e também outras peças de vestuário, como sapatos, calças, casacos, etc," afirma Miguel.

O pesquisador está recebendo apoio da Universidade para tentar transformar seu programa em um sucesso comercial.


Ver mais notícias sobre os temas:

Hábitos de Consumo

Consumo Responsável

Softwares

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.