Seu relacionamento está caminhando para o casamento?

Seu relacionamento está caminhando para o casamento?
Para evitar um desapontamento constante, os ex-futuros pombinhos começam a se esquecer de como as coisas estão realmente indo.
[Imagem: ACES/Illinois University]

Seu relacionamento está caminhando para o casamento?

Se não estiver, você provavelmente não conseguirá admitir isso.

Isto é o que demonstra um trabalho realizado pela equipe do Dr. Brian Ogolsky, da Universidade de Illinois (EUA), e publicado na revista Personal Relationships.

Justificativa psicológica

Casais de namorados que chegaram até o casamento lembram-se com precisão o que estava acontecendo em cada etapa do seu compromisso conforme ele ficava mais forte e estável.

Já os casais cujo compromisso com o outro estagnou ou regrediu mostraram-se muito menos precisos nas memórias dos seus relacionamentos.

"As pessoas gostam de sentir que estão fazendo progresso como casal. Se não estão - se a relação está com problemas - elas podem ter lembranças distorcidas que as ajudam a se sentir como se estivessem progredindo porque precisam de uma justificativa psicológica para permanecer no relacionamento," explica Ogolsky.

A equipe identificou várias distorções nas memórias dos parceiros românticos conforme o relacionamento se aprofundava ou ficava mais problemático.

"Uma teoria é que as lembranças podem ser mais fortes porque as pessoas gostam de lembrar o melhor de suas relações. Mas, conforme nós olhávamos experiências reais de casais e comparávamos os relacionamentos desenvolvendo-se ou não em uma direção positiva, vimos que a precisão das memórias tinha divergências bastante acentuadas. É fascinante como a memória funciona em casais," observou o pesquisador.

Lembrar e esquecer

Ogolsky afirma que ambos os resultados - que as pessoas altamente comprometidas lembram do histórico do seu relacionamento com precisão e que os casais com problemas não se lembram - são importantes.

"Quando um casal está considerando firmar um compromisso para toda a vida, eles têm muita coisa em jogo. É importante que eles tenham lembranças precisas de como seu relacionamento evoluiu," justifica ele.

Mas se o relacionamento de um casal está passando por uma morte lenta e dolorosa, já não faz mais sentido lembrar o curso do romance com precisão. Para evitar um desapontamento constante, os ex-futuros pombinhos começam a se esquecer de como as coisas estão realmente indo.


Ver mais notícias sobre os temas:

Relacionamentos

Memória

Sentimentos

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.