Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

01/11/2012

SUS nacionalizará mais 19 medicamentos e 2 vacinas

Com informações da Agência Brasil

Absorção de tecnologia

O Governo Federal assinou novas parcerias com laboratórios brasileiros para viabilizar a produção nacional de 19 remédios e duas vacinas.

As parcerias envolvem 29 laboratórios (12 públicos e 17 privados) e contemplam 11 classes terapêuticas de medicamentos, entre elas, contra asma, contra mal de Parkinson, doenças psiquiátricas, distúrbios hormonais, câncer, além de antirretrovirais e hemoderivados.

Pelos acordos, os laboratórios estrangeiros se comprometem a transferir aos brasileiros tecnologia para a produção nacional dos remédios e vacinas, dentro de um prazo de cinco anos.

Como contrapartida, o governo federal vai garantir exclusividade na compra desses produtos, pelos valores cotados no mercado mundial, durante o mesmo período.

A estimativa é que as parcerias atuais resultem em uma economia anual aproximada de R$ 2,5 bilhões para os cofres públicos.

Câncer, hemofilia e HPV

A maior parte dos remédios contemplados nas parcerias hoje é importada pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

No caso do medicamento contra câncer, Docetaxel, e das vacinas tetraviral e hepatite A, a previsão é que estejam disponíveis na rede pública a partir de 2013.

Um dos destaques da medida é a produção de um medicamento considerado de última geração para o tratamento da hemofilia A, o Fator 8 Recombinante.

No decorrer dos próximos cinco anos, a Empresa Brasileira de Hemoderivados e Biotecnologia (Hemobrás) deverá passar a produzir o remédio, que será usado por cerca de 10 mil hemofílicos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Medicamentos

Vacinas

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Nanoestrelas matam bactérias sem desenvolver resistência

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento