Tai Chi reduz risco de quedas em idosos

Tai Chi reduz risco de quedas em idosos
A ênfase nos movimentos lentos torna o Tai Chi particularmente apropriado para uma ampla gama de níveis de aptidão física.
[Imagem: Jakub Haun/Wikimedia]

Risco de quedas

As quedas são a principal causa de lesões graves em adultos mais velhos e podem levar à hospitalização, incapacitação e até mesmo à morte.

Artrite, doenças cardíacas, fraqueza muscular, problemas de visão e de equilíbrio, demência e outros problemas de saúde relacionados com a idade podem aumentar o risco de quedas.

A boa notícia é que há técnicas simples e agradáveis para combater esses riscos e minimizar a chance de cair.

Pesquisadores compararam os efeitos de duas dessas técnicas: o Tai Chi e um exercício de fortalecimento das pernas, uma fisioterapia chamada "treinamento das extremidades inferiores".

Tai Chi contra quedas

Depois de seis meses de treinamento, os voluntários do grupo de Tai Chi mostraram-se significativamente menos propensos a experimentar uma queda do que as pessoas no grupo da fisioterapia.

E os efeitos foram de longa duração: mesmo um ano após o fim do treinamento, que durou 24 semanas, os praticantes de Tai Chi mantinham-se 50% menos propensos a sofrer uma queda.

O Tai Chi é uma prática de exercícios desenvolvida na China há centenas de anos. Ele combina posturas e movimentos suaves com foco mental, respiração e relaxamento.

Entre seus benefícios já documentados estão a redução de inflamações no corpo, combater os danos cognitivos da quimioterapia e um melhor controle do diabetes.

Todos os dias

"Eu sugiro que os adultos mais velhos aprendam exercícios de Tai Chi em uma classe, e pratiquem em casa pelo menos uma vez por dia," disse Mau-Roung Lin, professor da Universidade Médica de Taipei (Taiwan), coautor do estudo.

A análise envolveu 368 pessoas com 60 anos de idade ou mais que já haviam recebido atendimento médico anterior devido a uma queda. Os resultados foram publicados no Journal of the American Geriatrics Society.


Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Concentração

Meditação

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.