Terapia com luz intensa reduz problemas de sono

Terapia com luz intensa reduz problemas de sono
A terapia com luz intensa apresentou efeitos significativos no tratamento de distúrbios do sono associados com desordens de estresse pós-traumático.
[Imagem: Mysid/Wikimedia]

Luz para dormir melhor

A terapia com luz intensa apresentou efeitos significativos no tratamento de distúrbios do sono associados com desordens de estresse pós-traumático.

Os resultados indicam que a terapia com luz intensa produziu uma melhoria na qualidade do sono largamente superior ao tratamento com placebo.

Foram detectadas ainda melhorias moderadas sobre os demais sintomas do estresse pós-traumático e sobre a depressão associada ao evento.

Estresse pós-traumático

"Como a terapia com luz intensa é relativamente simples, pode ser administrada pelo próprio paciente, muito barata e com poucos efeitos colaterais, esses resultados representam um passo importante para estabelecê-la como uma terapia alternativa ou um tratamento complementar para os efeitos do estresse pós-traumático," afirmam Shannon Cornelius e Shawn Youngstedt, da Universidade da Carolina do Sul, nos Estados Unidos.

O estudo envolveu 16 soldados norte-americanos que retornaram do Iraque com sintomas de estresse pós-traumático.

Os distúrbios do sono têm um papel importante nesses casos, podendo tanto desencadear os sintomas quanto perpetuá-los.

"Problemas de sono interagem com a depressão e com a ansiedade em ciclo vicioso," explica Cornelius. "Ao reduzir a severidade e a ocorrência dos problemas de sono pode ser possível reduzir a severidade dos sintomas do estresse pós-traumático, entre eles a ansiedade e a depressão."

Terapia com luz intensa

Oito dos participantes receberam uma terapia que consiste meramente na exposição a 10.000 lux de luz durante 30 minutos por dia. Os outros oito soldados formaram o grupo placebo, recebendo um tratamento falso com um gerador de íons que não funcionava.

A terapia com luz intensa expõe os olhos a uma luz intensa, mas segura, durante um período determinado e regular de tempo.

Tipicamente ela envolve a exposição a 10.000 lux de luz por períodos de 20 minutos ou mais, usando uma pequena caixa com a lâmpada.

Os resultados mostraram efeitos benéficos e superiores a várias outras abordagens para tratamento dos distúrbios do sono.

Em um estudo anterior, os pesquisadores já haviam demonstrado que a terapia com luz intensa tem efeitos ansiolíticos. Três horas de exposição a uma luz de apenas 3.000 lux por três dias consecutivos foi suficiente para reduzir a ansiedade em um grupo de pacientes cujo grau de ansiedade era moderado.


Ver mais notícias sobre os temas:

Sono

Ansiedade

Depressão

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.