Mulher tem trigêmeos após gêmeos em caso raríssimo

Mulher tem trigêmeos depois após gêmeos em caso raríssimo
Natasha Wilson com um dos trigêmeos. Ela teve um, depois dois, e agora três filhos.
[Imagem: BBC/WGRZ]

Um, dois e três

Uma norte-americana deu à luz trigêmeos nesta semana, concebidos de maneira natural, após já ter outros três filhos, os dois mais novos gêmeos, no que os médicos classificaram como um evento raríssimo.

Os seis filhos de Natasha Wilson são todos meninos. Ainda assim, ela diz que não pretende tentar engravidar novamente para ver se consegue ter uma menina.

"Seis meninos já é demais. Agora chega," disse ela à TV local WGRZ, de Buffalo, no Estado de Nova York.

Tudo natural

Natasha diz que o interesse por sua gravidez já era grande mesmo antes do parto, na segunda-feira. "Eu ia a todos os lugares e todo mundo só queria saber se eu havia tomado remédios para fertilidade ou se foi natural. Foi tudo natural mesmo", afirmou.

O obstetra Kevin Fitzpatrick, que fez o parto dos bebês Tyler Roy, Gabriel Lee e Lucas Michael, diz que a ocorrência é raríssima.

"Uma gravidez de trigêmeos sozinha já é difícil - apenas uma em cada 7 mil. Mas trigêmeos após gêmeos, acho que nunca vou ver algo semelhante outra vez", disse.

Palpite de avó

Ainda assim, a avó dos meninos, Linda Lawrence, diz ter antevisto os nascimentos. "Depois dos gêmeos eu brinquei com ela que a próxima gravidez seriam trigêmeos. Mas eu errei, e disse que seriam três meninas", contou.

O marido de Natasha, James, está desempregado, e o custo de manter uma família tão grande preocupa o casal.

Eles viviam em um trailer com dois quartos, e estão mudando agora para uma casa alugada com sete quartos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Gravidez

Cuidados com o Recém-nascido

Reprodução Assistida

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.