Ver:

 Temas
 Enfermidades





RSS Diário da Saúde

Twitter do Diário da Saúde

02/10/2013

Uma em cada oito pessoas passa fome no mundo

Com informações da Agência Brasil

Uma em cada oito pessoas sofre de fome crônica no mundo, segundo a Organização das Nações Unidas (ONU).

A entidade reconhece uma melhoria nos últimos anos, mas pede esforços adicionais e imediatos para alcançar o primeiro Objetivo de Desenvolvimento do Milênio, que é acabar com a fome no mundo.

A ONU estima em 842 milhões o número de pessoas subnutridas no período entre 2011 e 2013, 26 milhões a menos do que no período anterior (2010-2012).

A grande maioria das pessoas que sofrem de fome crônica, ou seja, que não têm alimentos suficientes para uma vida saudável e ativa, está nos países em desenvolvimento, mas há 15,7 milhões que vivem em países desenvolvidos.

Segundo o objetivo número 1 dos "Objetivos de Desenvolvimento do Milênio", que visa a erradicar a pobreza extrema e a fome, o mundo comprometeu-se a reduzir para a metade, entre 1990 e 2015, a proporção de pessoas que sofre de fome.

"A dois anos do prazo, 38 países alcançaram a meta", afirma o relatório da ONU. "Esses sucessos mostram que, com compromisso político, instituições eficazes, boas políticas, uma abordagem abrangente e níveis adequados de investimento, podemos vencer a luta contra a fome."

Apesar dos progressos, o relatório alerta que há diferenças marcantes na redução da fome. A África Subsaariana fez progressos modestos e continua a ser a região com a maior prevalência de subnutrição, com uma em quatro pessoas (24,8%) passando fome.

A Ásia Ocidental não registrou progressos, enquanto o Sul da Ásia e o Norte de África revelam progressos lentos. O Leste e o Sudeste Asiático e a América Latina foram as regiões com maiores progressos.

No Sudeste Asiático, região com os melhores resultados, o número de pessoas com fome diminuiu de 31,1% para 10,7% desde 1990.


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Pública

Ética

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas

Mais lidas na semana:

Ciência começa a entender eficácia da Medicina Chinesa contra o câncer

O que é melhor: Meditação ou Férias?

Carne e barbatana de tubarão contêm altos níveis de neurotoxinas

Dor de cabeça: Conheça aquelas que exigem tratamento

Medicamento desenvolvido no Brasil combate origem da hipertensão