USP desenvolve novo aparelho para tomografia pulmonar

Tomógrafo com tecnologia inédita

A Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (USP) apresentará na próxima quinta-feira (18) um aparelho de tomografia que deve reduzir o número de mortes de pacientes cuja respiração é mantida com ajuda de aparelhos.

O tomógrafo tem tecnologia única no mundo e foi desenvolvido após dez anos de pesquisas, em um projeto conjunto do Laboratório de Pneumologia Experimental, da Escola Politécnica e do Instituto de Matemática Aplicada, todos da USP.

Respiração artificial

Segundo comunicado da Faculdade de Medicina, o aparelho vai ajudar o médico a monitorar, por meio de uma corrente elétrica de baixa intensidade, a condição dos pulmões enquanto o paciente é submetido à respiração artificial. Assim, será possível controlar de forma adequada o volume, a pressão e o fluxo do ar injetado nos órgãos, diminuindo os riscos de lesão.

Estatísticas citadas pela faculdade apontam que 40% dos pacientes internados em Unidades de Terapia Intensiva (UTI) respiram por aparelhos. Desses, 40% morrem devido a complicações causadas por esse tipo de procedimento.

Pneumologia Experimental

O novo aparelho começou a ser estado em 2006 em pacientes dos Hospital das Clínicas da USP e do Instituto do Coração (Incor). A partir do lançamento, o tomógrafo passará a ser comercializado.

Em 2009, as empresas Timpel e Dixtal serão as responsáveis pela produção do aparelho, que custa entre US$ 6 mil e U$ 8 mil (cerca de R$ 17,5 mil). Parte dos recursos obtidos com a venda será aplicada em pesquisas no Laboratório de Pneumologia Experimental e na Escola Politécnica.


Ver mais notícias sobre os temas:

Equipamentos Médicos

Exames

Tratamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.