Cientistas analisam 46 anos de violência nos filmes de James Bond

Cientistas analisam 46 anos de violência nos filmes de James Bond
Há quase três vezes mais cenas de violência severa nos filmes mais recentes de James Bond do que no filme original da série, Dr. No, lançado em 1962.
[Imagem: Divulgação]

"Meu nome é violência"

Cenas violentas na série James Bond são duas vezes mais comuns no filme Quantum of Solace, do que no pioneiro Dr No, lançado em 1962.

Pesquisadores da Universidade de Otago (Nova Zelândia), analisaram 22 filmes da série, que já dura 46 anos.

Eles queriam testar a hipótese de que os filmes mais populares estão se tornando mais violentos.

O último filme de James Bond, Skyfall, não foi incluído porque não havia sido lançado quando os pesquisadores começaram o estudo.

Violência severa

Bob Hancox e seus colegas verificaram que, de fato, as cenas de violência aumentaram significativamente no período estudado.

Além disso, houve um aumento ainda maior no que eles chamam de "violência severa", atos que poderiam causar a morte ou ferimentos se ocorressem na vida real.

Enquanto o Dr. No continha 109 cenas de violência trivial ou severa, há 250 cenas violentas dos dois tipos em Quantum of Solace.

Este último filme tem quase três vezes mais cenas de violência severa do que o original.

Atos violentos

Os pesquisadores definiram atos violentos como tentativas de qualquer indivíduo para prejudicar o outro, e foram classificados como grave (como socos, pontapés, ou ataques com armas) ou violência trivial (como um empurrão ou um tapa de mão aberta).

Segundo os pesquisadores, o estudo foi motivado pela ausência de limitação por idade para os filmes mais populares.

"Há largas evidências de estudos sugerindo que jovens e adolescentes assistindo cenas de violência na mídia pode contribuir para a dessensibilização à violência e o comportamento agressivo," disse o professor Hancox.

O estudo foi publicado na revista Archives of Pediatric & Adolescent Medicine.


Ver mais notícias sobre os temas:

Violência

Relacionamentos

Emoções

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2016 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.