Executivos que pedem feedback melhoram desempenho da empresa

Executivos que pedem <i>feedback</i> melhoram desempenho da empresa
Nem todo mundo é carismático e visionário: Nestes casos, é melhor adotar uma dose razoável de humildade.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Humildade gerencial

Empresários, diretores e executivos que pretendem impulsionar a produtividade nas suas empresas devem aprender a lidar com uma ferramenta antiga, mas valiosa: a humildade.

Mas não será preciso assumir nenhuma postura santificante para começar a obter resultados.

De fato, algo tão simples quanto pedir feedback para os colaboradores diretos pode gerar retornos importantes.

"Nós fornecemos a primeira evidência de que o feedback dos membros da equipe de gerenciamento é uma ferramenta super importante através da qual os CEOs podem fortalecer a equipe e melhorar o desempenho da empresa," disse Sue Ashford, professora de Administração e Organização da Universidade de Michigan (EUA).

Aumento na confiança

Ashford e seus colaboradores desenvolveram e testaram um modelo conceitual para explorar os efeitos de comportamentos mais ou menos humildes exercidos no topo da hierarquia organizacional e analisaram respostas de altos executivos de 65 empresas.

Os resultados mostraram que um diretor que solicita feedback sobre seu próprio desempenho para seus principais gerentes melhora a confiança da equipe e, por meio desse aumento de confiança, afeta positivamente o desempenho da empresa.

O estudo também mostra que essa busca por um feedback pode ser um substituto útil para formas mais heroicas de liderança, como articular uma visão empresarial e apresentá-la para o grupo.

"A busca de feedback é uma estratégia de liderança disponível para aqueles que podem se sentir menos confiantes para determinar e então articular uma visão para a empresa," disse Ashford. "Nossas descobertas destacam a busca do feedback como um meio humilde através do qual os CEOs podem melhorar o desempenho da empresa".

Carisma e humildade

As entrevistas mostraram que os diretores e presidentes afetaram a confiança das suas equipes de gerenciamento - quer criando uma visão para a empresa, quer buscando feedback sobre seu comportamento e suas abordagens na hora de gerenciar. Ambas foram eficazes, mas para alguns líderes ser um visionário não é um estilo confortável ou natural.

Mesmo os executivos que não são grandes articuladores podem alcançar o mesmo sucesso que os líderes mais carismáticos e hábeis, bastando para isso que busquem feedback frequentemente dos seus principais gerentes. Em contraste, os benefícios da busca de feedback são menos eficazes para executivos que são descritos como articuladores e visionários.

"Embora seja necessário realizar mais pesquisas [sobre o tema], estes resultados aumentam a possibilidade de que os CEOs possam ser mais eficientes ao empregar um estilo de liderança mais ou menos humilde, em vez de misturar elementos desses estilos," concluiu Ashford.


Ver mais notícias sobre os temas:

Trabalho e Emprego

Relacionamentos

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2017 www.diariodasaude.com.br. Conteúdo publicado sob licença de www.sciencetolife.com. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.