19/03/2020

Reação do sistema imunológico abre caminho para combater covid-19

Redação do Diário da Saúde
Cientistas mapeiam como sistema imunológico combate a covid-19
A pesquisa mostrou detalhadamente como o sistema imunológico reage ao novo coronavírus e cura a covid-19.
[Imagem: Irani Thevarajan et al. - 10.1038/s41591-020-0819-2]

Contra-ataque imunológico

Pesquisadores da Universidade de Melbourne (Austrália) conseguiram mapear como o sistema imunológico de um dos primeiros pacientes reagiu à infecção do coronavírus Sars-Cov-2, causador da gripe covid-19.

O estudo mostrou a capacidade do organismo de combater o vírus e se recuperar da infecção, o que é um elemento importante para desenvolver protocolos de tratamento para aqueles pacientes que não reagem bem e atingem o estado grave da doença.

Irani Thevarajan e seus colegas tiveram a oportunidade de testar amostras de sangue, em quatro momentos diferentes, de uma paciente de 40 anos sem doenças prévias, que contraiu covid-19 e apresentava sintomas de leves a moderados, mas que exigiram internação hospitalar.

Esse monitoramento forneceu um relatório detalhado de como o sistema imunológico da paciente respondia e reagia ao vírus, até ficar curada.

Resposta do sistema imunológico à covid-19

"Três dias após a internação da paciente, vimos grandes populações de várias células imunológicas, que geralmente são um sinal revelador de recuperação durante a infecção sazonal por influenza, por isso previmos que a paciente se recuperaria em três dias. Foi o que aconteceu," disse a professora Oanh Nguyen, membro da equipe.

As células imunológicas a que a pesquisadora se refere foram as chamadas ASCs, ou células secretoras de anticorpos aumentadas, células T auxiliares foliculares (TFH), células T CD4+ ativadas e células T CD8+, além dos anticorpos imunoglobulina M (IgM) e IgG, que se ligam ao vírus SARS-CoV-2, causando a covid-19. Essas alterações imunológicas persistiram por pelo menos 7 dias após a resolução completa dos sintomas.

Esse detalhamento de uma resposta imune que levou à recuperação bem-sucedida da covid-19 pode ter a chave para se encontrar uma vacina eficaz.

"Nós mostramos que, embora a covid-19 seja causada por um novo vírus, em uma pessoa saudável uma resposta imune robusta em diferentes tipos de células mostrou-se associada à recuperação clínica, semelhante à que vemos na gripe.

"Este é um incrível passo à frente no entendimento do que impulsiona a recuperação da covid-19. As pessoas podem usar nossos métodos para entender as respostas imunes em coortes maiores de covid-19 e também entender o que está faltando naqueles que têm resultados fatais," disse a professora Katherine Kedzierska, coordenadora do estudo.

Como o sistema imunológico combate a covid-19
O sistema preventivo de prontidão permitiu monitorar a paciente em detalhes.
[Imagem: Irani Thevarajan et al. - 10.1038/s41591-020-0819-2]

Prontidão e reação

Esta pesquisa tão detalhada e em tão curto espaço de tempo foi possível graças a um programa de vigilância de viajantes adotado há alguns anos na Austrália, chamado SETREP-ID, sigla em inglês para "sentinelas dos viajantes e preparação para pesquisas de doenças infecciosas emergentes".

O programa coleta, de maneira preventiva, uma ampla variedade de amostras biológicas dos viajantes que retornam ao país, para o caso de um surto novo e inesperado de doenças infecciosas, exatamente como a covid-19 começou. Ou seja, na primeira ocorrência de um evento para o qual o programa foi implantado, ele mostrou-se valioso e poderá ajudar a salvar vidas não apenas na Austrália, mas no mundo todo.

"Quando a covid-19 surgiu, já tínhamos ética e protocolos em vigor, para que pudéssemos começar a analisar rapidamente o vírus e o sistema imunológico em grandes detalhes," disse Irani Thevarajan. "Já estabelecido em vários hospitais de Melbourne, agora planejamos lançar o SETREP-ID como um estudo nacional."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Breadth of concomitant immune responses prior to patient recovery: a case report of non-severe COVID-19
Autores: Irani Thevarajan, Thi H. O. Nguyen, Marios Koutsakos, Julian Druce, Leon Caly, Carolien E. van de Sandt, Xiaoxiao Jia, Suellen Nicholson, Mike Catton, Benjamin Cowie, Steven Y. C. Tong, Sharon R. Lewin, Katherine Kedzierska
Publicação: Nature Medicine
DOI: 10.1038/s41591-020-0819-2

Ver mais notícias sobre os temas:

Epidemias

Sistema Imunológico

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.