22/07/2021

Grosseria no local de trabalho pode ter impactos dramáticos

Redação do Diário da Saúde
Grosseria no local de trabalho pode ter impacto dramáticos
Os pacientes também precisam tomar cuidado, porque ser rude com o médico piora qualidade do tratamento.
[Imagem: University of Florida]

Comportamento rude

O comportamento rude é uma forma desagradável, mas muito comum, de conduta insensível e desrespeitosa, que prejudica o desempenho dos funcionários no local de trabalho.

Isso é ruim para todos e pode dar prejuízo para a empresa, mas há casos em que os efeitos podem ser muito mais graves.

Quando pesquisadores examinaram o impacto da grosseria sobre como os indivíduos tomam decisões críticas, eles descobriram que, em certas situações, esses comportamentos podem ter consequências mortais.

Eles analisaram o efeito da grosseria na tendência dos trabalhadores de se envolver em um viés de julgamento que os psicólogos chamam de ancoragem, que é a tendência de confiar demais ou se fixar em uma informação ao tomar uma decisão.

"Embora pequenos insultos e outras formas de comportamento rude possam parecer relativamente inofensivos em comparação com formas mais sérias de agressão, nossas descobertas sugerem que eles podem ter consequências graves," disse Binyamin Cooper, da Universidade Carnegie Mellon (EUA). "Nosso trabalho demonstra como esses comportamentos aparentemente menores podem ser perigosos, sejam eles experimentados diretamente ou mesmo se as pessoas apenas observarem grosserias incidentais."

Grosseria que ameaça vidas

Cooper e seus colegas testaram os efeitos da grosseria na ancoragem em quatro experimentos realizados em diferentes ambientes - de simulações médicas a negociações e tarefas de julgamento geral.

"Digamos que um médico entre no quarto de um paciente pela primeira vez e um membro da família diga 'Acho que ele está tendo um ataque cardíaco'," exemplifica o pesquisador. "Nossos resultados sugerem que, se no caminho para ver o paciente, o médico testemunhou um evento rude entre duas outras pessoas, ele ou ela teria uma probabilidade significativamente maior de estabelecer um diagnóstico de ataque cardíaco, mesmo que isso seja incorreto."

Uma conclusão básica do estudo é que a razão pela qual a grosseria é tão prejudicial é que ela está relacionada ao aumento das emoções negativas (como irritabilidade e angústia), podendo ser usadas para prever a tendência de se engajar na ancoragem.

Segundo a equipe, este estudo tem muitas implicações práticas. Por exemplo, os médicos expostos à grosseria podem tratar incorretamente os pacientes para doenças que eles não têm, embora não estejam cientes de seu diagnóstico incorreto ou das razões subjacentes a ele.

"Tomar a decisão errada em um momento crítico significa que as pessoas acabam perdendo muito tempo seguindo pelo caminho errado," explicou Cooper. "Se não houver tempo suficiente para perceber o erro e compensá-lo, ele pode ser fatal."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Trapped by a first hypothesis: How rudeness leads to anchoring
Autores: B. Cooper, C. R. Giordano, A. Erez, T. A. Foulk, H. Reed, K. B. Berg
Publicação: Journal of Applied Psychology
DOI: 10.1037/apl0000914
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Emoções

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.