Percepção incorreta de que antibióticos não fazem mal atinge médicos e pacientes

Antibiótico também tem efeito colateral

Mais um estudo sobre o uso de antibióticos demonstrou que a crença equivocada de que os antibióticos são inofensivos é generalizada - inclusive entre os médicos.

Tanto médicos quanto pacientes são influenciados pela noção geral de que há benefício potencial e muito pouco risco em tomar antibióticos, quando na realidade existem desvantagens específicas, tanto para os indivíduos quanto para a sociedade como um todo.

Para a sociedade, o problema é o surgimento das superbactérias, que se tornam resistentes aos antibióticos e podem nos deixar sem tratamentos para as infecções mais graves. Para os pacientes, além dos riscos típicos de qualquer medicamento, pode-se citar o fato de que os antibióticos aumentam a suscetibilidade a infecções por vírus e que mesmo antibióticos tópicos podem causar efeitos colaterais sérios.

Neste novo estudo, uma equipe do Centro de Dinâmica de Doenças, Economia e Política (CDDEP) e das universidades da Califórnia em Davis, Cornell e Johns Hopkins (EUA) entrevistou 149 e pacientes em dois grandes hospitais universitário e mais de 500 pessoas saudáveis on-line, para determinar as crenças gerais sobre o uso de antibióticos.

Danos potenciais dos antibióticos

Ao comparar o estado de doente com os potenciais benefícios do uso de antibióticos, os pacientes têm maior probabilidade de esperar por uma receita de antibióticos. Contudo, mesmo tendo um maior conhecimento sobre os medicamentos e seus efeitos colaterais, os médicos também seguem essa mesma lógica.

"O problema é que os pacientes, mas mais surpreendentemente os médicos, não estão reconhecendo os danos potenciais do uso de antibióticos. Apesar do fato de que aproximadamente 20% dos pacientes podem ter algum tipo de efeito colateral, isso não parece ser um fator tão importante na tomada de decisões como seria de se esperar.

"O fator mais importante da resistência aos antibióticos é o uso de antibióticos. Eliminar o uso desnecessário de antibióticos eliminaria danos desnecessários aos pacientes e ajudaria a reduzir a disseminação da resistência aos antibióticos, o que ameaça os avanços médicos do último século," disse o Dr. Eili Klein, coordenador do estudo, que foi publicado na revista médica Medical Decision Making.


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos

Bactérias

Atendimento Médico-Hospitalar

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.