Estes cânceres são piores para os homens que para as mulheres

Estes cânceres são piores para os homens que para as mulheres
Já se sabia que homens e mulheres são diferentes também quando o assunto é câncer, o que pode ser uma das explicações para o fato de que as mulheres vivem mais que os homens.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Diferenças do câncer entre sexos

Homens com determinados tipos de câncer apresentam piores desfechos de sobrevida do que mulheres com os mesmos tipos da doença.

Pesquisas anteriores reconheceram o sexo como um fator importante no prognóstico de alguns tipos de câncer em todas as idades, mas poucos estudos em grande escala têm investigado as diferenças na sobrevida do câncer por gênero.

Daí a importância deste novo estudo de base populacional (240.801 homens e 173.773 mulheres, com idades entre 15 e 99 anos), que mostrou que os homens têm uma desvantagem de sobrevivência em relação às mulheres em 11 dos 25 tipos de câncer pesquisados. Isto mesmo levando em conta que a pesquisa excluiu cânceres específicos de sexo, como de mama e próstata, cânceres notificados apenas por autópsia e câncer de pele não-melanoma.

As diferenças entre os sexos foram geralmente maiores para pessoas diagnosticadas em idades mais jovens.

A sobrevida líquida de cinco anos após o diagnóstico para os 25 tipos de câncer combinados foi menor para os homens do que para as mulheres, com um excesso de mortalidade 13% maior para os homens em comparação com as mulheres.

Câncer pior para os homens

"A desvantagem de sobrevivência para os homens foi significativa em 11 tipos de câncer: cabeça e pescoço, esôfago, cólon/reto, pâncreas, pulmão, osso, melanoma, mesotelioma, rim, tireoide e linfoma não-Hodgkin.

"Em contraste, as mulheres tiveram prognóstico pior do que os homens para câncer de bexiga, pelve renal e uretra. As diferenças sexuais na sobrevida do câncer diminuíram desde 1982 para câncer colorretal e pancreático, a ponto de não serem mais aparentes. Por outro lado, para o câncer de pulmão, a desvantagem de sobrevivência masculina é pior hoje do que anteriormente," escrevem os pesquisadores em seu artigo, publicado na revista Cancer Causes & Control.

Nina Afshar e seus colegas da Universidade de Melbourne (Austrália) defendem pesquisas direcionadas para identificar razões para essas disparidades.

"Identificar e compreender os complexos mecanismos por trás das diferenças sexuais na sobrevivência do câncer ajudará a estabelecer intervenções eficazes para reduzir as desigualdades e melhorar os resultados do câncer para homens e mulheres," disse Nina.


Ver mais notícias sobre os temas:

Câncer

Saúde do Homem

Saúde da Mulher

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.