29/03/2021

Opiniões e atitudes duram mais quando são baseadas na emoção

Redação do Diário da Saúde
Opiniões e atitudes duram mais quando são baseadas na emoção
Além disso, as racionalizações podem até estragar sua intuição.
[Imagem: Moonzigg/Pixabay]

Como formamos opiniões

Dependendo do assunto, as atitudes das pessoas podem mudar de momento a momento, ou durar a vida toda.

Mas dois psicólogos - Matthew Rocklage e Andrew Luttrell - queriam saber quais são os fatores que tornam uma opinião duradoura e outra efêmera.

Seus estudos e experimentos com voluntários revelaram que atitudes baseadas em sentimentos e emoções podem resistir ao teste do tempo bem mais do que as opiniões desenvolvidas a partir de um debate com argumentos bem fundamentados.

Isso tem implicações tanto para prever quais atitudes são fixas ou passageiras, quanto para ajudar as pessoas a formarem opiniões mais duradouras ou lidarem com opiniões formadas de forma inadequada no passado.

"Sabemos que encorajar as pessoas a pensar com cuidado e racionalmente pode produzir atitudes que mudam menos no futuro. Nossa pesquisa, no entanto, mostra que as opiniões baseadas nas reações emocionais das pessoas também podem ser particularmente duradouras," disse Rocklage, em Universidade de Massachusetts (EUA).

Razão versus emoção

Os dois psicólogos perguntaram a mais de 1.000 pessoas até que ponto elas acreditavam que as atitudes baseadas em sentimentos ou reações emocionais seriam estáveis ao longo do tempo, em comparação com aquelas baseadas no pensamento e na análise racional.

Apenas 15% dos voluntários expressaram a crença de que atitudes baseadas na emoção seriam mais estáveis do que as baseadas no raciocínio e nos argumentos.

Em seguida, os pesquisadores fizeram sete experimentos independentes, envolvendo mais de 20.000 participantes em uma variedade de situações do mundo real.

A primeira pesquisa, realizada no dia seguinte ao Natal, mediu sentimentos sobre os presentes recebidos na ocasião. O momento desta pesquisa permitiu aos pesquisadores medir as reações do mundo real a uma atitude relativamente recém-formada.

Os participantes receberam uma lista de adjetivos para descrever suas atitudes em relação aos seus presentes. Adjetivos como "Isto será útil" foram associados a uma reação prática ao presente, enquanto palavras como "Delicioso" foram mais fortemente associadas a uma reação emocional.

Um mês depois, os mesmos participantes completaram uma pesquisa de acompanhamento para testar a "durabilidade" de suas opiniões.

Os resultados mostraram que, quanto mais forte a reação emocional positiva inicial, maior era a probabilidade de que a opinião permanecesse fixa um mês depois.

"A emocionalidade é um indicador pouco apreciado de atitudes duradouras," comentou Luttrell, da Universidade Ball. "Estas descobertas são importantes para entender por que algumas opiniões são tão difíceis de mudar, bem como para criar opiniões que durem."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Attitudes Based on Feelings: Fixed or Fleeting?
Autores: Matthew D. Rocklage, Andrew Luttrell
Publicação: Psychological Science
DOI: 10.1177/0956797620965532
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Mente

Ética

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.