05/07/2019

Efeito espectador: Famoso resultado psicológico pode estar completamente errado

Com informações da New Scientist
Efeito espectador: Famoso resultado psicólogo pode estar completamente errado
poucas evidências de que câmeras de segurança realmente protejam a população. Mas, pelo menos elas serviram para desbancar uma teoria largamente aceita pelos psicólogos.
[Imagem: Wikimedia/Quevaal]

Efeito espectador

Se você estivesse sendo atacado em um local público, será que alguém iria parar para ajudá-lo?

Uma teoria famosa em Psicologia, conhecida como "efeito espectador", diz que provavelmente não.

O efeito espectador alega que, em situações como um assalto ou um esfaqueamento, é menos provável que passantes entrem em ação se houver um grande número de pessoas na área, de modo que a probabilidade de intervenção diminuiria quanto maior o número de testemunhas.

Proposto inicialmente pelos psicólogos Bibb Latané e John Darley, esse efeito foi replicado em vários experimentos controlados em laboratório.

Mas parece que esses experimentos não foram tão bem projetados ou simplesmente não conseguiram reproduzir as condições reais.

Quando pegaram imagens de câmeras de segurança de vários países, mostrando situações violentas da vida real, o que os pesquisadores viram é que o tal efeito espectador parece estar simplesmente errado.

Pessoas que socorrem outras

Richard Philpot e colegas da Universidade Lancaster (Reino Unido), analisaram imagens de câmeras de vigilância mostrando situações violentas reais no Reino Unido, na África do Sul e na Holanda.

Em 90% dos casos, pelo menos uma pessoa - mas tipicamente várias - intervieram e tentaram ajudar.

Além disso, eles descobriram que a probabilidade de intervenção aumenta de acordo com o número de espectadores do episódio - o que contradiz diretamente o efeito espectador, que alega o efeito contrário.

Philpot afirma esperar que o público em geral ache os resultados de sua pesquisa reconfortantes: "Quanto mais pessoas estiverem ao redor, maior o número de pessoas que têm potencial ou disposição para fazer algo."


Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Relacionamentos

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.