31/12/2021

Meditação ativa 220 genes ligados ao sistema imunológico

Redação do Diário da Saúde
Meditação ativa 220 genes ligados ao sistema imunológico
Existem vários níveis de meditação. Na Yoga, por exemplo, samyama é o conjunto formado por Dhárana (concentração), Dhyána (meditação), e Samádhi (iluminação ou hiperconsciência), sendo cada estágio o aprofundamento do anterior.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Meditação aumenta imunidade

A meditação intensa pode melhorar a função imunológica de uma forma que é detectável na análise genética, concluiu uma equipe internacional que se debruçou sobre o assunto.

Inúmeros estudos têm mostrado como a meditação altera a fisiologia humana, produzindo efeitos mensuráveis, mas os cientistas só agora começam a procurar pelos mecanismos que uma postura mental usa para induzir mudanças fisiológicas.

A equipe decidiu fazer isto coletando amostras de sangue de 106 voluntários que participaram de um retiro de meditação intensa, que envolveu passar oito dias em um ambiente silencioso e calmo, com mais de 10 horas diárias de meditação.

O resultado mostrou o aumento da expressão de 220 genes ligados à imunidade, sugerindo que a meditação pode potencialmente desempenhar um papel no gerenciamento de várias condições que enfraquecem o sistema imunológico.

Efeitos fisiológicos da meditação

Vários estudos sobre o impacto da ioga e da meditação na saúde mental e física demonstraram efeitos benéficos. No entanto, os potenciais mecanismos moleculares e genes críticos envolvidos neste resultado benéfico ainda precisam ser elucidados de forma abrangente.

"Este estudo identificou e caracterizou o programa de transcrição associado à prática avançada de meditação, e nós integramos bioinformaticamente várias redes [neurais] para identificar a rede central específica da meditação," resumiu o professor Vijayendran Chandran, da Universidade da Flórida (EUA).

Esta rede central liga várias vias de sinalização imunológica. Como exemplo, a equipe demonstrou que essa mesma rede central torna-se disfuncional em condições de saúde tão diferentes quanto a esclerose múltipla e a infecção grave por covid-19.

"Muito importante, nós demonstramos que a prática meditativa melhora a função imunológica sem ativar sinais inflamatórios. Juntos, esses resultados tornam a meditação uma intervenção comportamental eficaz para tratar várias condições associadas a um sistema imunológico enfraquecido," escreveu a equipe em seu artigo.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Large-scale genomic study reveals robust activation of the immune system following advanced Inner Engineering meditation retreat
Autores: Vijayendran Chandran, Mei-Ling Bermúdez, Mert Koka, Brindha Chandran, Dhanashri Pawale, Ramana Vishnubhotla, Suresh Alankar, Raj Maturi, Balachundhar Subramaniam, Senthilkumar Sadhasivam
Publicação: Proceedings of the National Academy of Sciences
DOI: 10.1073/pnas.2110455118
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Meditação

Mente

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.