27/05/2022

Estar estressado faz com que os outros o vejam com maior simpatia

Redação do Diário da Saúde
Estar estressado faz você parecer mais simpático aos outros

Paradoxo do estresse

Sempre se soube que o estresse tem um aspecto positivo no curto prazo, ajudando o corpo a adaptar-se a uma nova situação - os problemas começam quando essa situação se prolonga no tempo.

A grande novidade é que mostrar sinais de estresse pode nos tornar mais simpáticos e levar os outros a agir de forma mais positiva em relação a nós.

Jamie Whitehouse e seus colegas das universidades de Nottingham e Portsmouth (Reino Unido) queriam examinar o chamado "paradoxo do comportamento de estresse", ou seja, por que mostramos sinais de estresse - como coçar, roer as unhas, mexer-nos e tocar o rosto ou o cabelo - se isso pode demonstrar aos outros que estamos em um estado enfraquecido?

Como parte dos experimentos, os participantes foram filmados enquanto participavam de uma apresentação simulada e de uma entrevista para as quais eles tinham muito pouco tempo de preparação. Os vídeos foram apresentados aos avaliadores, que julgavam o quão estressado cada voluntário havia ficado.

Os psicólogos descobriram que, além de identificar com precisão quando alguém estava estressado, as pessoas reagiam de forma mais positiva em relação aos indivíduos que apresentavam mais sinais de estresse.

Simpatia pelo estresse

Os participantes que relataram sentir-se mais estressados durante a tarefa foram de fato percebidos como mais estressados pelos avaliadores. Da mesma forma, aqueles que apresentaram comportamentos mais autodirigidos durante a tarefa, como coçar e roer as unhas, também foram percebidos como mais estressados.

Isso indica que as pessoas podem detectar com precisão quando outras estão passando por estresse por seus comportamentos - algo que, surpreendentemente, nunca havia sido demonstrado de modo sistemático.

A surpresa é que os participantes que foram identificados como mais estressados durante a tarefa também foram percebidos como mais simpáticos pelos avaliadores, dando uma pista de por que demonstramos sinais de estresse - essa demonstração também acontece em outros primatas.

"Se os indivíduos estão induzindo uma resposta de empatia nos avaliadores, eles podem parecer mais simpáticos por causa disso, ou pode ser que um sinal honesto de fraqueza possa representar um exemplo de intenção benigna e/ou vontade de se envolver em uma interação cooperativa, em vez de competitiva, algo que pode ser uma característica 'simpática' ou preferida em um parceiro social.

"Isso se encaixa com a compreensão atual de expressividade, que tende a sugerir que as pessoas que são mais 'emocionalmente expressivas' são mais queridas pelos outros e têm interações sociais mais positivas," disse a pesquisadora Bridget Waller, membro da equipe.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Signal value of stress behaviour
Autores: Jamie Whitehouse, Sophie J. Milward, Matthew O. Parker, Eithne Kavanagh, Bridget M. Waller
Publicação: Evolution and Human Behavior
DOI: 10.1016/j.evolhumbehav.2022.04.001
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Emoções

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.