07/04/2021

Fazer mais exercícios não significa que você queima mais calorias

Redação do Diário da Saúde
Fazer mais exercícios não significa que você queima mais calorias
Estudar os caçadores/coletores das tribos Hadza ajudou a compreender como nosso corpo se ajusta aos exercícios físicos para não perder gordura.
[Imagem: Andreas Lederer/Wikimedia]

Truques do metabolismo

A cada minuto, tudo o que o nosso corpo faz - crescer, mover-se, combater infecções, ou mesmo simplesmente existir - tudo isso consome energia.

O Dr. Herman Pontzer, da Universidade Duke (EUA), passou sua carreira contando esses gastos de calorias porque, segundo ele, "na economia da vida, as calorias são a moeda".

As pesquisas envolveram medir o metabolismo de pessoas que vão de ultra-atletas a funcionários de escritório, mas algumas das descobertas mais surpreendentes foram obtidas bem longe do que costumamos chamar de "vida moderna".

Grande parte do trabalho foi feita na Tanzânia, onde membros da tribo Hadza ainda obtêm seu alimento da maneira que nossos ancestrais faziam - por meio da caça e coleta. Ao sair a pé todos os dias para caçar zebras e antílopes ou procurar frutas e tubérculos, sem armas ou eletricidade ou animais domesticados para aliviar a carga, os hadza fazem mais atividade física a cada dia do que a maioria dos ocidentais realiza em uma semana.

Então, eles devem queimar mais calorias, certo? Errado.

E isto muda a maneira como os cientistas entendem as ligações entre gasto de energia, exercícios físicos e dieta alimentar.

Seu corpo limita as calorias que você queima

Pontzer e seus colegas descobriram que, apesar de seus altos níveis de atividade física, os Hadza não queimam mais energia por dia do que pessoas sedentárias nos países desenvolvidos.

Todos nós já ouvimos que, se queremos queimar mais calorias e combater a gordura, precisamos malhar para aumentar nosso metabolismo e consumir mais calorias. Mas o Dr. Pontzer diz que não é tão simples assim.

Fazer mais exercícios não significa que você queima mais calorias
Os dados mostram que ficar em forma é mais do que físico, é um estado mental.
[Imagem: 10.1016/j.heliyon.2019.e01459]

"Nossos motores metabólicos não foram criados por milhões de anos de evolução para garantir um corpo de biquíni pronto para a praia," explica ele. "Em vez disso, nosso metabolismo foi preparado para acumular mais gordura do que qualquer outro macaco".

Uma consequência direta disto é que nosso metabolismo responde às mudanças nos exercícios físicos e na dieta de maneiras que frustram nossos esforços para perder peso.

Ajuste a comida

O que isso significa, explica Pontzer, é que você pode dar 16.000 passos por dia, como um caçador Hadza faz todos os dias, e ainda assim não perder peso.

Claro, se você correr uma maratona amanhã vai queimar mais energia do que hoje. Mas, com o tempo, seu metabolismo irá se ajustar, respondendo às mudanças na atividade para manter sob controle a energia total que você gasta.

Assim, se você quer perder peso de forma sustentada, só resto um caminho: comer menos.

"Como nosso corpo é tão inteligente e dinâmico, e porque os humanos são ruins em controlar o que comemos, é terrivelmente difícil controlar as calorias que consumimos e queimamos a cada dia. Isso, juntamente com a proliferação de dietas da moda e esquemas para emagrecer rápido, levou à ideia de que 'as calorias não importam'.

"Esse é um pensamento mágico. Cada grama do seu corpo - incluindo cada caloria de gordura que você carrega - é comida que você consumiu e não queimou. Se quisermos perder peso, devemos ingerir menos calorias do que queimamos. Na verdade, tudo se resume a isso," conclui Pontzer.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Gendered movement ecology and landscape use in Hadza hunter-gatherers
Autores: Brian M. Wood, Jacob A. Harris, David A. Raichlen, Herman Pontzer, Katherine Sayre, Amelia Sancilio, Colette Berbesque, Alyssa N. Crittenden, Audax Mabulla, Richard McElreath, Elizabeth Cashdan, James Holland Jones
Publicação: Nature Human Behavior
DOI: 10.1038/s41562-020-01002-7
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Alimentação e Nutrição

Dietas e Emagrecimento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.