Anticorpos de lhamas podem oferecer proteção universal contra gripe

Anticorpos de lhamas podem oferecer proteção universal contra gripe
Os anticorpos foram isolados de lhamas imunizadas com vacinas tradicionais contra a gripe.
[Imagem: Nick S. Laursen et al. - 10.1126/science.aaq0620]

Vacina universal contra gripe

Pesquisadores criaram um anticorpo antigripal que demonstrou proteção universal e duradoura contra uma grande variedade de vírus influenza A e B, incluindo cepas de origem aviária, como o H1N1.

De acordo com Nick Laursen e seus colegas do Instituto de Pesquisa Scripps (EUA), o início rápido da proteção contra a gripe oferecida pelo anticorpo pode ser suficiente para fornecer proteção contra a gripe durante toda uma temporada - uma estação -, particularmente para idosos ou pessoas imunocomprometidas.

Além disso, a técnica mostrou-se promissora como medida preventiva que pode ser imediatamente eficaz tão logo surjam suspeitas de um surto ou mesmo uma pandemia de gripe.

Embora as vacinas contra a gripe sejam atualmente a ferramenta mais usada no manejo e prevenção de epidemias em todo o mundo, sua eficácia entre as estações e as populações permanece limitada, com um interesse decrescente da população. Além disso, as vacinas atuais não têm produzido a resposta esperada justamente em partes mais necessitadas da população, como os idosos ou aqueles com imunidade enfraquecida.

Laursen e seus colegas destacam que, além desses problemas, a própria gripe é altamente variável e, como resultado, as vacinas precisam ser adaptadas constantemente a cepas de vírus específicas que circulam em cada estação.

É por isso que tem havido tantos esforços em busca de uma vacina universal contra a gripe.

Anticorpos de lhama contra gripe

Uma das terapias mais pesquisadas como alternativa às atuais vacinas é baseada em anticorpos amplamente neutralizantes (bnAbs: broadly neutralizing antibodies), mas os resultados não têm sido os esperados em grande parte devido a uma falta similar de cobertura entre cepas virais de influenza A e B e à necessidade de múltiplas injeções de alta dose para manter a proteção.

Laursen e seus colegas desenvolveram uma nova estratégia para alcançar uma proteção duradoura contra o vírus da gripe usando anticorpos de domínio único amplamente neutralizantes (sdAbs: single-domain antibodies).

Esses anticorpos foram isolados de lhamas imunizadas com vacinas tradicionais contra a gripe. A partir desses sdAbs, a equipe gerou um anticorpo multi-domínio (MDAb: multi-domain antibody) altamente potente. E esse anticorpo múltiplo conseguiu alvejar múltiplos epítopos de antígenos, chamados MD3606.

Em camundongos tratados por via intranasal usando um vetor de adenovírus, os anticorpos forneceram proteção quase universal contra os vírus influenza A e B. Além disso, animais idosos e imunodeficientes mostraram-se protegidos de doses letais de influenza aviária H1N1. Se essas descobertas pré-clínicas se traduzirem em humanos, a abordagem poderá ser uma ferramenta poderosa para combater a gripe em populações vulneráveis, atualmente não cobertas pela vacinação tradicional.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Prevenção

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.