02/07/2019

Como fazer a coisa certa no trabalho? Pare de acreditar que é difícil

Redação do Diário da Saúde
Como fazer a coisa certa no trabalho? Pare de acreditar que é difícil
Outro experimento havia mostrado que é mais fácil ser honesto sozinho do que fazendo parte de um grupo.
[Imagem: Pixabay]

Esforço de ser honesto

Quando se trata de honestidade no trabalho, parece que alguns escolhem o caminho de menor resistência.

E o esforço que os trabalhadores acham necessário para se comportar honestamente no local de trabalho pode ter um grande impacto sobre a adoção de ações desonestas, afirma a professora Julia Lee, da Universidade de Michigan (EUA), em uma pesquisa publicada no Journal of Applied Psychology.

Pesquisas anteriores sobre o tema da honestidade e do esforço não investigaram as teorias que cada indivíduo mantém sobre o assunto, e esses conceitos parecem ser uma parte crucial para se entender por que as pessoas se comportam desonestamente.

"Sua crença implícita sobre se a honestidade exige esforço ou não pode construir a maneira como você pensa sobre a realidade," disse Lee.

Desculpa para a desonestidade

A pesquisadora idealizou três experimentos para medir se acreditar que se comportar honestamente requer esforço poderia prever um comportamento desonesto subsequente.

No primeiro experimento, os resultados revelaram que, quanto mais um indivíduo associa a honestidade ao esforço, maior a probabilidade desse indivíduo agir desonestamente. No segundo, os pesquisadores demonstraram que acreditar na honestidade exige esforço aumenta a desonestidade, em comparação com acreditar que a honestidade é fácil.

E o terceiro experimento explorou como as teorias interagiam com a força das situações em questão. Os resultados mostraram que a teoria de que ser honesto requer esforço aumentou a desonestidade apenas quando a situação não apresentava uma forte tentação de trapacear. Mas quando a tentação de ser desonesto era forte, a teoria fornecia justificação para trapacear.

Lee afirma que a pesquisa também a fez refletir sobre como a ética é ensinada nas escolas de administração. Alguns dos exercícios dão aos alunos escolhas impossíveis, como "salve seu cônjuge ou mate a empresa".

"Você dá aos estudantes uma desculpa," disse ela. "Quando você pensa que uma decisão é trabalhosa e, portanto, cara, você pode usar isso como uma justificativa para fazer a coisa errada."


Ver mais notícias sobre os temas:

Ética

Trabalho e Emprego

Comportamento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.