13/05/2019

Como lidar com o perfeccionismo e o medo de exposição

Redação do Diário da Saúde
Como lidar com o perfeccionismo e o medo de exposição
Já se sabia que alguns perfeccionistas têm um lado sombrio.
[Imagem: HSE/Divulgação]

Tipos de perfeccionismo

O perfeccionismo - um traço de personalidade que faz uma pessoa lutar pela perfeição - pode se manifestar de uma forma adaptativa ou mal-adaptativa.

O perfeccionismo adaptativo é o desejo de atingir altos padrões que são alcançáveis com certos esforços. O perfeccionismo mal-adaptativo é a tendência a colocar exigências excessivas e inatingíveis sobre si mesmo, o que acaba por causar preocupação e estresse quando não se consegue alcançá-las.

O perfeccionismo está associado à chamada "síndrome do impostor" e a sentimentos de incompetência, que aparecem em homens e mulheres de diferentes idades e campos de atividade. Como o perfeccionismo mal-adaptativo, a síndrome do impostor leva a um aumento da sensação de ansiedade, humor depressivo e outros distúrbios psicológicos. Sentimentos de incompetência surgem quando uma pessoa acredita que não merece seu próprio sucesso e tem medo de ser exposto como uma fraude.

Síndrome do impostor

Kenneth Wanga e Tatiana Permyakovab, da Universidade Nacional de Pesquisas (Rússia), decidiram investigar se a síndrome do impostor afeta a relação entre o perfeccionismo e o bem-estar psicológico.

Os dados confirmam a hipótese de que a síndrome do impostor é um mediador entre o perfeccionismo e a ansiedade. Uma pessoa que sofre de perfeccionismo mal-adaptativo se concentra no que não realizou e teme a exposição - na verdade, esses sentimentos levam ao desenvolvimento da síndrome do impostor. Esta, por sua vez, causa sofrimento psicológico, seja ansiedade, estresse ou depressão.

O perfeccionismo adaptativo, por outro lado, não leva à síndrome do impostor e suas consequências psicológicas.

Em seu artigo, as pesquisadoras dão várias recomendações sobre como lidar com a síndrome do impostor que emerge como resultado de um perfeccionismo negativo:

  • 1.

    Concentrar-se em confirmar que você é realmente competente e que todas as suas realizações e seus frutos são merecidos.

  • 2.

    Entender se é benéfico se considerar inadequado. É possível que essa sensação seja uma manifestação de autodefesa quando uma pessoa não quer assumir mais responsabilidades.

  • 3.

    Não sucumbir ao aspecto comportamental da síndrome do impostor, que se manifesta na procrastinação. As pesquisadoras recomendam não adiar as coisas, em vez disso mantendo uma atitude proativa.

  • 4.

    A recomendação final diz respeito a fatores externos. Uma pessoa que sofre de síndrome do impostor pode ser ajudada por um ambiente de apoio, que permita que ela sinta que suas realizações não são acidentais.

O estudo foi publicado na revista Personality and Individual Differences.


Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Felicidade

Trabalho e Emprego

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.