01/10/2019

Declaração de Jena: Raças humanas não existem

Redação do Diário da Saúde
Declaração de Jena: Raças humanas não existem
Tem havido uma grande preocupação com o renascimento do racismo "científico" e com o racismo por interesses econômicos.
[Imagem: PennState]

Racismo nunca foi científico

O conceito de raça é resultado do racismo, e não o contrário.

A classificação da humanidade em "raças" historicamente levou à perseguição, escravização e matança de milhões de pessoas. Ainda hoje, o termo raça é usado em conexão com grupos humanos, principalmente por facções de extrema-direita em todo o mundo.

"No entanto, não há base biológica para isso e nunca houve. O conceito de raça é resultado do racismo, não o pré-requisito," observam os autores da Declaração de Jena, um documento lançado para marcar o centésimo aniversário da morte de Ernst Haeckel, ex-professor da Universidade de Jena (Alemanha), conhecido como o "Darwin alemão".

Como fundador da filogenética, o biólogo evolucionista contribuiu, por meio de sua classificação das raças humanas em uma "árvore genealógica", para uma forma de racismo aparentemente baseada na ciência.

Foi somente através de pesquisas sobre a variação genética dos seres humanos que o conceito de raça foi finalmente exposto como uma construção tipológica.

"Em vez de limites definidos, entre os humanos há gradientes genéticos. Entre os 3,2 bilhões de pares de bases no genoma humano, não há diferença fixa que separe, por exemplo, africanos de não-africanos. Para ser explícito, não apenas não há um único gene que sustente as diferenças 'raciais', mas não existe nem um único par de bases," afirmam os cientistas.

"Estamos cientes do fato de que simplesmente remover a palavra 'raça' da nossa linguagem diária não impedirá o racismo," acrescentou o professor Walter Rosenthal. "No entanto, como acadêmicos, podemos ajudar a garantir que o racismo não seja mais capaz de nos invocar como justificativa".

Assim, a Declaração de Jena conclui com um apelo aos membros das instituições acadêmicas e a todos aqueles que atuam em pesquisa e ensino: "Portanto, vamos garantir que as pessoas nunca mais sejam discriminadas por motivos biológicos ilusórios e lembrar a nós e aos outros que é o racismo que criou as raças, e que a zoologia/antropologia desempenhou um papel inglório na produção de justificativas supostamente biológicas".

Checagem com artigo científico:

Artigo: Jena Declaration
Autores: Martin S. Fischer, Uwe Hobfeld, Johannes Krause, Stefan Richter
Cheque você mesmo: https://www.uni-jena.de/en/190910_JenaerErklaerung_EN.html

Ver mais notícias sobre os temas:

Ética

Relacionamentos

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.