03/08/2022

Descobertas células que controlam o fluxo de informações no cérebro

Redação do Diário da Saúde
Descobertas células que controlam o fluxo de informações no cérebro
O que tem caído por terra é a noção de que diferentes áreas do cérebro são especializadas em tarefas específicas.
[Imagem: John Hain/Pixabay]

Intercomunicação cerebral

Cientistas acreditam ter identificado as células específicas que regulam a transmissão de informações entre as áreas do cérebro.

Essa descoberta poderá ajudar no desenvolvimento de novas opções de tratamento para distúrbios neuropsiquiátricos, como esquizofrenia e autismo, que são caracterizados por problemas de coordenação do fluxo de informações no cérebro.

Ece Sakalar e seus colegas da Universidade Médica de Viena (Áustria) concentraram sua pesquisa na questão de como a comunicação entre diferentes áreas do cérebro é regulada e como os fluxos de informações, de diferentes fontes e em constante mudança, podem ser processados sem erros.

Eles encontraram a resposta que procuravam na chamada área CA1 do hipocampo, que eles comparam a "uma central telefônica do cérebro".

Lá, células chamadas neurogliaformes, fazem com que as informações convergentes sobre o ambiente atual, e também sobre experiências passadas relevantes, sejam combinadas sem serem misturadas.

Memória, sentidos e atenção

Até agora, a ciência tem estado no escuro quando se trata da função das células neurogliaformes.

"Em nossos experimentos pré-clínicos, descobrimos agora que as células neurogliaformes, inibindo brevemente outros tipos de células, garantem que a percepção atual e as memórias de experiências passadas possam ser processadas separadamente e também em combinação," explicou o pesquisador Balint Lasztoczi, membro da equipe.

É isso que torna possível, por exemplo, que você olhe para uma fotografia de sua avó (informação sensorial) e recorde espontaneamente o cheiro dos seus bolos (memória), mesmo ainda estando atento ao que está a acontecendo no aqui e agora.

Os cientistas agora pretendem investigar como a atividade das células neurogliaformes pode ser influenciada, para estabelecer um ponto de partida para o desenvolvimento de novas drogas e opções terapêuticas para distúrbios neuropsiquiátricos que envolvam problemas de intercomunicação entre as áreas do cérebro.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Neurogliaform cells dynamically decouple neuronal synchrony between brain areas
Autores: Ece Sakalar, Thomas Klausberger, Balint Lasztoczi
Publicação: Science
Vol.: 377, Issue 6603 pp. 324-328
DOI: 10.1126/science.abo3355
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Cérebro

Mente

Memória

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.