23/03/2021

Descoberto como o chá protege contra a pressão alta

Redação do Diário da Saúde
Descoberto como o chá protege contra a pressão alta
Modelo estrutural mostrando o flavonoide epicatequina galato (azul/vermelho) ligado à base do sensor de voltagem (verde) do KCNQ5, um tipo de canal de potássio encontrado nos vasos sanguíneos humanos.
[Imagem: Geoff Abbott/UCI School of Medicine]

Chá contra hipertensão

Compostos presentes tanto no chá verde quanto no chá preto relaxam os vasos sanguíneos, ativando proteínas do canal iônico na parede das veias e artérias.

Esta descoberta ajuda a explicar as propriedades anti-hipertensivas do chá e pode levar ao desenvolvimento de novos medicamentos para baixar a pressão arterial.

Os resultados da pesquisa revelaram que dois compostos flavonoides do tipo catequina - galato de epicatequina e epigalocatequina-3-galato - encontrados no chá, cada um ativa um tipo específico de proteína de canal iônico chamada KCNQ5, que permite que íons de potássio se difundam para fora das células para reduzir a excitabilidade.

Como o KCNQ5 é encontrado no músculo liso que reveste os vasos sanguíneos, sua ativação pelas catequinas do chá também pode relaxar os vasos sanguíneos - uma previsão confirmada por pesquisadores da Universidade de Copenhague (Dinamarca), que participaram da pesquisa.

"Descobrimos, usando modelagem por computador e estudos de mutagênese, que catequinas específicas se ligam à base do sensor de voltagem, que é a parte do KCNQ5 que permite que o canal se abra em resposta à excitação celular. Essa ligação permite que o canal se abra mais cedo e com muito mais facilidade no processo de excitação celular," explicou o professor Geoffrey Abbott, da Universidade da Califórnia em Irvine (EUA).

Hipertensão

Como um terço da população adulta mundial tem hipertensão, e essa condição é considerada o fator de risco modificável número um para doenças cardiovasculares e mortalidade prematura, novas abordagens para o tratamento da hipertensão têm enorme potencial para melhorar a saúde pública global.

Estudos anteriores demonstraram que o consumo de chá verde ou preto pode reduzir a pressão arterial em uma quantidade pequena, mas consistente, e as catequinas já eram consideradas como contribuintes para essa propriedade.

A identificação do KCNQ5 como um novo alvo para as propriedades hipertensivas das catequinas do chá pode facilitar a otimização da química medicinal, para melhorar a potência ou eficácia do composto.

Checagem com artigo científico:

Artigo: KCNQ5 Potassium Channel Activation Underlies Vasodilation by Tea
Autores: Kaitlyn E. Redford, Salomé Rognant, Thomas A. Jepps, Geoffrey W. Abbott
Publicação: Cellular Physiology and Biochemistry
DOI: 10.33594/000000337
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Plantas Medicinais

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.