21/09/2020

Dez minutos de massagem ou descanso combatem o estresse

Redação do Diário da Saúde
Dez minutos de massagem ou descanso combatem o estresse
"Descobrir" que massagem relaxa não parece uma grande novidade, mas os cientistas queriam saber o caminho fisiológico que gera os efeitos.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Psicológico e fisiológico

Permitir-se alguns minutos de inatividade aumenta significativamente o relaxamento mental e físico. E uma pequena ajuda das mãos pode melhorar ainda mais os resultados.

Psicólogos alemães observaram níveis mais elevados de relaxamento psicológico e fisiológico em pessoas após apenas dez minutos recebendo uma massagem.

Mesmo dez minutos de descanso simples e solitário aumentaram o relaxamento, embora em um grau menor do que a massagem.

Estes resultados fornecem a primeira indicação de que tratamentos de curto prazo podem reduzir de forma robusta o estresse em nível psicológico e fisiológico, estimulando o principal motor do corpo para o relaxamento - o sistema nervoso parassimpático (SNP).

O estresse é conhecido por ter consequências negativas para a saúde. No lado positivo, nossos corpos têm um sistema regenerativo embutido, o SNP, para afastar o estresse em momentos de ameaça.

Lançar uma resposta de relaxamento é, portanto, a chave para proteger nossa saúde e restaurar o equilíbrio em nosso corpo.

Fisiologia da massagem

A massagem tem sido usada para melhorar o relaxamento há milênios, mas não existe uma abordagem sistemática para confirmar de forma robusta seu efeito no SNP (sistema nervoso parassimpático) e se isso pode ou não ser usado como reabilitação para pacientes que sofrem de doenças relacionadas ao estresse.

Este estudo indica que a massagem é uma intervenção fácil de aplicar que pode reforçar o principal motor de relaxamento do corpo e também levar a uma redução no estresse mental. A confirmação de que a massagem é eficaz no nível da psicologia e da fisiologia por meio do SNP abrirá o caminho para estudos futuros sobre a compreensão do papel do relaxamento no estresse, segundo a equipe.

"Para lidar melhor com os efeitos negativos do estresse, precisamos entender seu oposto - o relaxamento," justificou Jens Pruessner, da Universidade de Konstanz. "As terapias de relaxamento mostram uma grande promessa como forma holística de tratar o estresse, mas é necessária uma avaliação científica mais sistemática desses métodos."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Standardized massage interventions as protocols for the induction of psychophysiological relaxation in the laboratory: A block randomized control trial
Autores: Maria Meier, Eva Unternaehrer, Stephanie J. Dimitroff, Annika B. E. Benz, Ulrike U. Bentele, Sabine M. Schorpp, Maya Wenzel, Jens C. Pruessner
Publicação: Nature Scientific Reports
Vol.: 10, Article number: 14774
DOI: 10.1038/s41598-020-71173-w
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Terapias Alternativas

Atividades Físicas

Bem-estar emocional

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2020 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.