07/05/2019

Enxaguante bucal mágico alivia a dor causada por radioterapia

Redação do Diário da Saúde
Enxaguante bucal
O "enxaguante bucal mágico" não é uma marca, mas sim uma fórmula que pode ser feita com difenidramina, lidocaína e antiácidos.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Enxaguante mágico

Um novo enxaguante bucal foi apelidado de "enxaguante mágico" depois de reduzir significativamente a dor causada por mucosite oral (úlceras bucais) em pacientes que receberam radioterapia para câncer de cabeça e pescoço.

O "enxaguante bucal mágico" não é uma marca, mas sim uma fórmula que pode ser feita com difenidramina, lidocaína e antiácidos.

"Nosso grupo publicou um estudo em 2012 mostrando que uma lavagem oral de doxepina reduziu a dor relacionada à mucosite oral, em comparação ao placebo. No entanto, não haviam grandes ensaios clínicos aleatórios controlados estudando os potenciais benefícios do enxaguante bucal mágico," conta o Dr. Robert Miller, da Clínica Mayo (EUA), que liderou esse ensaio clínico que faltava.

A equipe estudou 275 pacientes entre novembro de 2014 e maio de 2016, comparando a fórmula do enxaguante com um placebo.

Eles constataram que a dor relacionada à mucosite oral era significativamente menor após tanto os enxágues com doxepina quanto com o enxaguante mágico em relação ao placebo. Eles também verificaram que ambos os enxagues com doxepina e o enxaguante mágico foram bem tolerados pelos pacientes.

"A radioterapia pode causar feridas na boca, pois ela é projetada para matar células em crescimento rápido, como as células cancerígenas," explica Terence Sio, membro da equipe. "Infelizmente, as células saudáveis da boca também se dividem e crescem rapidamente, e podem ser danificadas durante a radioterapia, o que pode causar desconforto. Estamos felizes de termos identificado um método comprovado para ajudar a tratar o desconforto deste efeito colateral."


Ver mais notícias sobre os temas:

Saúde Bucal

Quimioterapia

Câncer

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.