22/02/2021

Estimulação magnética do cérebro melhora memórias reais

Redação do Diário da Saúde
Estimulação magnética do cérebro melhora memória rapidamente
A estimulação magnética é aplicada por um aparelho posto sobre a cabeça.
[Imagem: Northwestern University]

Magnetismo para melhorar memória

Você pode se lembrar de que comeu pão no café da manhã, mas se esquecer se passou nele manteiga ou requeijão. Ou se lembrar de ter visto seu marido guardando o leite, mas não se lembrar em qual prateleira.

Seja em casos assim prosaicos, ou se você está indo fazer uma prova do vestibular, melhorar a memória parece um desejo compartilhado por todos.

E pode haver um meio de conseguir essa tão sonhada memória aprimorada usando uma técnica simples e indolor.

Pesquisadores conseguiram induzir melhorias da memória de eventos complexos e realistas aplicando estimulação magnética transcraniana, a aplicação de um campo magnético direcionado a pontos específicos do cérebro.

"No dia a dia, devemos lembrar de eventos complexos que envolvem muitos elementos, como diferentes locais, pessoas e objetos," comenta a professora Melissa Hebscher, da Universidade Northwestern (EUA). "Fomos capazes de mostrar que a memória para eventos complexos e realistas pode ser melhorada de forma segura e não invasiva usando estimulação cerebral."

Viagem mental no tempo

Estimulação magnética do cérebro melhora memória rapidamente
O giro ocipital foi a região do cérebro que apresentou maior resposta à estimulação.
[Imagem: Northwestern University]

O experimento foi realizado em adultos jovens saudáveis em um ambiente de laboratório. Esses métodos, no entanto, também podem ser usados para melhorar a memória em indivíduos com distúrbios de memória devido a danos cerebrais ou distúrbios neurológicos, garante Hebscher.

Em vez de mostrar aos participantes imagens ou listas de palavras - práticas típicas em testes de laboratório que analisam a memória - os voluntários assistiram a vídeos de atividades cotidianas, como alguém dobrando roupa ou levando o lixo para fora.

Após a estimulação magnética, os participantes responderam com mais precisão às perguntas sobre o conteúdo dos filmes, como identificar a cor da camisa que um ator estava vestindo ou a presença de uma árvore ao fundo.

Além disso, a estimulação cerebral induziu o restabelecimento de memórias de maior qualidade no cérebro, algo conhecido como reintegração, que é quando o cérebro repete ou revive um evento original. Após a estimulação magnética, a atividade cerebral de uma pessoa ao assistir a um vídeo se assemelhava mais à atividade cerebral ao se lembrar do mesmo vídeo.

"É por isso que lembrar às vezes pode parecer uma 'viagem mental no tempo'," compara Hebscher. "Nossas descobertas mostram que a estimulação aumenta essa 'viagem mental no tempo' no cérebro e melhora a precisão da memória. Essas descobertas têm implicações para o desenvolvimento de maneiras seguras e eficazes de melhorar memórias realísticas."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Enhanced reinstatement of naturalistic event memories due to hippocampal-network-targeted stimulation
Autores: Melissa Hebscher, James E. Kragel, Thorsten Kahnt, Joel L. Voss
Publicação: Current Biology
DOI: 10.1016/j.cub.2021.01.027
Siga o Diário da Saúde no Google News

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.