09/12/2021

Exercícios aumentam endocanabinoides agindo sobre bactérias intestinais

Redação do Diário da Saúde
Exercícios aumentam endocanabinoides agindo sobre bactérias intestinais
Já se sabia que as atividades físicas e uma boa memória caminham lado a lado.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Canabidiol natural

Os exercícios físicos aumentam as substâncias semelhantes à cannabis do nosso próprio corpo, os chamados endocanabinoides.

Isto, por sua vez, ajuda a reduzir a inflamação e pode ajudar a tratar certas condições de saúde, incluindo artrite, doenças cardíacas e até o próprio câncer.

Especialistas da Universidade de Nottingham (Reino Unido) confirmaram agora que a intervenção com exercícios físicos para pessoas com artrite não apenas reduziu a dor, mas também diminuiu os níveis de substâncias inflamatórias, chamadas citocinas.

Os exercícios também aumentaram os níveis de endocanabinoides. E a surpresa está na forma como os exercícios físicos resultaram nessas mudanças na produção dos endocanabinoides: O mecanismo funciona por meio de alterações das bactérias intestinais benéficas.

Substâncias anti-inflamatórias

Amrita Vijay e seus colegas testaram 78 pessoas com artrite. Trinta e oito delas realizaram 15 minutos de exercícios de fortalecimento muscular todos os dias durante seis semanas, e 40 não fizeram nada.

No final do estudo, os participantes que fizeram a intervenção com exercícios não apenas apresentaram redução na dor, como também tinham em seus intestinos mais bactérias do tipo que produz substâncias anti-inflamatórias, além de níveis mais baixos de citocinas e níveis mais altos de endocanabinoides.

O aumento dos endocanabinoides foi fortemente relacionado a mudanças nas bactérias intestinais e nas substâncias anti-inflamatórias produzidas por bactérias intestinais chamadas SCFAS - na verdade, pelo menos um terço dos efeitos anti-inflamatórios do microbioma intestinal foi devido ao aumento dos endocanabinoides.

"Nosso estudo mostra claramente que o exercício aumenta as substâncias do tipo cannabis do próprio corpo, o que pode ter um impacto positivo em muitas condições. À medida que aumenta o interesse pelo óleo de canabidiol e outros suplementos, é importante saber que intervenções simples no estilo de vida, como exercícios, podem modular os endocanabinoides," destacou Vijay.

Checagem com artigo científico:

Artigo: The anti-inflammatory effect of bacterial short chain fatty acids is partially mediated by endocannabinoids
Autores: Amrita Vijay, Afroditi Kouraki, Sameer Gohir, James Turnbull, Anthony Kelly, Vicky Chapman, David A. Barrett, William J Bulsiewicz, Ana M. Valdes
Publicação: Gut Microbes
Vol.: 13 - Issue 1
DOI: 10.1080/19490976.2021.1997559
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Atividades Físicas

Cérebro

Bactérias

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.