07/12/2021

Nova técnica detecta resultados falso-positivos de COVID-19

Redação do Diário da Saúde
Falso-positivos de COVID-19
Critério de triagem das amostras para evitar falsos-positivos de covid-19.
[Imagem: Lester J. Layfield et al. - 10.1016/j.prp.2021.153579]

Falsos-positivos de covid-19

Pesquisadores desenvolveram e testaram um processo para identificar potenciais resultados falso-positivos da covid-19.

O método pode ajudar outros laboratórios a evitar a imposição de quarentenas desnecessárias e a realização de testes repetidos em pessoas que não estão realmente infectadas.

O teste de covid-19 é uma ferramenta importante para controlar o vírus durante a pandemia, e o teste de reação em cadeia da polimerase por transcriptase reversa (RT-PCR) é o método mais amplamente usado. Mas, embora esse tipo de teste seja considerado confiável, ele está associado a um pequeno número de resultados falso-positivos.

"Os diagnósticos falsos-positivos têm implicações importantes para o gerenciamento do paciente," disse o Dr. Lester Layfield, da Universidade de Missouri (EUA). "Falsos-positivos podem levar à quarentena inadequada, atraso de outro tratamento médico necessário ou transferência para uma enfermaria de covid-19."

Erros e contaminações

Para ajudar a garantir a precisão dos testes positivos, Layfield e sua equipe desenvolveram um protocolo para repetir o teste de todos os resultados positivos envolvendo pacientes assintomáticos e não expostos, e em todos os casos em que uma amostra com resultado positivo era localizada em um ponto de teste próximo a outra amostra com uma alta carga de vírus.

Nessas baterias, realizadas em um período de oito semanas, foram realizados 24.717 testes de RT-PCR. Destes, 6.251 vieram de pacientes assintomáticos. Nesse grupo, 288 amostras inicialmente retornaram um resultado positivo.

O segundo teste nas amostras suspeitas revelou que 20 delas eram falsos-positivos.

"A retestagem de resultados positivos de indivíduos assintomáticos revelou alguns erros dos técnicos, mas revelou também a contaminação de amostras positivas em poços de amostra adjacentes," disse Layfield. "Este estudo deve alertar a comunidade de testes laboratoriais sobre a possibilidade de testes covid-19 falso-positivos."

Checagem com artigo científico:

Artigo: SARS-CoV-2 detection by reverse transcriptase polymerase chain reaction testing: Analysis of false positive results and recommendations for quality control measures
Autores: Lester J. Layfield, Simone Camp, Kelly Bowers, Douglas C. Miller
Publicação: Pathology - Research and Practice
Vol.: 225, 2021, 153579
DOI: 10.1016/j.prp.2021.153579
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Exames

Epidemias

Vírus

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.