05/10/2020

Migração moral: Tornar-se uma pessoa melhor muda sua postura política

Redação do Diário da Saúde
Migração moral: Tornar-se uma pessoa melhor muda sua postura política
Pesquisas mostram o quanto é fácil manipular opiniões políticas, mas agora os pesquisadores documentaram uma mudança intencional da pessoa.
[Imagem: McGill University]

Mudar também em relação aos outros

Quando as pessoas afirmam que desejam mudar coisas em suas personalidades - "Tornar-me uma pessoa melhor", é a expressão mais usada - elas podem não se dar conta de algumas consequências inesperadas que essas mudanças podem trazer.

Na verdade, as mudanças na personalidade também podem levar a mudanças nas ideologias políticas.

"Nós descobrimos esse efeito interessante em que as pessoas queriam melhorar em coisas como estar mais emocionalmente conectadas a outras pessoas - ou tornar-se mais empáticas.

"Mas descobrimos que isso leva a mudanças em suas almas políticas também, o que talvez elas não estivessem focando a princípio. Vimos que, nessas mudanças de personalidade em direção a uma maior empatia, as pessoas colocam muito mais importância em ideologias mais liberais - como você deve tratar outras pessoas e assumir as perspectivas dos outros," contou o professor William Chopik, da Universidade Estadual de Michigan (EUA).

Preocupação empática

Os pesquisadores pediram a 414 participantes voluntários que respondessem a um questionário semanal. Essas perguntas incluíam como eles reagiriam em certas situações, se eles queriam melhorar ou mudar a si mesmos, como se sentiam em ajudar os outros e outras questões relacionadas à personalidade.

Além disso, os pesquisadores mediram a "preocupação empática" dos participantes - sentimentos que surgiriam quando eles vissem alguém em necessidade ou mal-sucedido. Todo o monitoramento foi realizado durante quatro meses.

No geral, as pessoas liberais e progressistas tendem a priorizar dois dos cinco fundamentos morais: cuidado e justiça. Já os conservadores recorrem a todos os cinco, incluindo os fundamentos mais vinculativos: lealdade ao grupo interno, respeito pela autoridade e observância de padrões de pureza e santidade.

"Nosso estudo mostra que, quando as pessoas estão motivadas para mudar, elas podem fazer isso com sucesso. O que ficamos surpresos ao descobrir foi uma trajetória ascendente para algo como adotar uma perspectiva alinhada com a mudança da pessoa em direção a fundamentos mais liberais.

"Ser um tomador de perspectivas melhor expõe você a todos os tipos de novas ideias, então faz sentido que isso muda a pessoa porque ela seria exposta a argumentos mais diversos. Quando você se torna mais empático, isso abre muitas portas para mudar os humanos de outras maneiras, incluindo como eles pensam sobre moralidade e ideologia - o que pode ou não ter sido intencional," disse Chopik.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Moral migration: Desires to become more empathic predict changes in moral foundations
Autores: Ivar R. Hannikainen, Nathan W. Hudson, William J. Chopik, Daniel A. Briley, Jaime Derringer
Publicação: Journal of Research in Personality
Vol.: 88, 104011
DOI: 10.1016/j.jrp.2020.104011
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Sentimentos

Espiritualidade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2020 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.