11/04/2019

Nova família de vírus ganha nome de professor brasileiro

Com informações da Agência Fapesp
Nova família de vírus ganha nome de professor brasileiro
Elliot Watanabe Kitajima é engenheiro agrônomo formado na própria Esalq em 1958.
[Imagem: Miguel Boyayan/FAPESP]

Kitaviridae

Kitaviridae é uma das mais recentes famílias de vírus descobertos.

O nome é uma homenagem ao professor Elliot Watanabe Kitajima, da Escola Superior Luiz de Queiroz (Esalq), em Piracicaba (SP).

Engenheiro agrônomo formado na própria Esalq em 1958, Kitajima concluiu o doutorado em 1967, na USP. Foi pesquisador no Instituto Agronômico de Campinas (IAC), professor na Universidade de Brasília (UnB) e voltou para a Esalq, onde se aposentou em 2006 e atualmente atua como professor convidado.

O vírus foi identificado quando uma equipe da Esalq-USP estudava o ácaro Brevipalpus phoenicis, que transmite o vírus causador da leprose dos citros, e descobriu que o ácaro não transmitia apenas um vírus e sim dois microrganismos diferentes.

Pelas características genômicas do segundo vírus, a equipe constatou que não havia ainda uma família descrita na qual o vírus poderia ser enquadrado. Desse modo, os pesquisadores propuseram ao Comitê Internacional de Taxonomia de Vírus (ICTV, na sigla em inglês) a formação de uma nova família, que foi nomeada em homenagem ao professor.

Os nomes de espécies, gêneros e famílias são estabelecidos por meio de debates entre membros do ICTV com base no genoma viral e características de replicação, entre outros fatores.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vírus

Desenvolvimento de Medicamentos

Epidemias

Ver todos os temas >>   


  

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.