22/11/2021

Novo tratamento celular pode combater o envelhecimento

Redação do Diário da Saúde
Novo tratamento celular pode combater o envelhecimento
Esta é uma nova rota de pesquisas, uma descoberta importante conforme surgem questionamentos sobre estudos envolvendo genes que controlariam o envelhecimento.
[Imagem: Giniger Lab NIH/NINDS]

Senescência celular

Uma equipe internacional de pesquisadores identificou um novo método para eliminar células que estão ficando velhas e disfuncionais, o que promete abrir caminhos para tratamentos para o envelhecimento e condições relacionadas.

A senescência celular é um fenômeno irreversível que ocorre quando o processo natural de divisão celular cessa no tecido humano.

Os cientistas acreditam que esse processo esteja na base do próprio envelhecimento, bem como de várias doenças relacionadas, incluindo a doença de Alzheimer, diabetes tipo 2 e vários tipos de câncer.

Sabe-se que, em amostras de laboratório, a eliminação de células senescentes dos tecidos retarda a degeneração relacionada à idade e prolonga a vida - o desafio é encontrar uma maneira de fazer isso em humanos.

A Dra Marta Poblocka e seus colegas desenvolveram agora um novo método para remover acúmulos dessas células senescentes. Para isso, eles usaram anticorpos que funcionam como "bombas inteligentes", projetadas para reconhecer e matar as células disfuncionais.

Senolíticos

A substância criada pelos pesquisadores é chamada "conjugado anticorpo-droga", um anticorpo carregado com um medicamento.

Ele foi projetado para atuar contra um marcador existente na membrana das células senescentes, previamente descoberto pela própria equipe, e se mostrou eficaz nos primeiros testes.

"Copiando uma ideia já em uso em terapias contra o câncer, nós ajustamos um anticorpo para que ele pudesse reconhecer essas células e entregar uma carga tóxica especificamente para elas," descreveu o Dr. Salvador Macip, da Universidade de Leicester (Reino Unido).

Os resultados deste estudo preliminar agora serão usados como base para estudos adicionais de tratamentos direcionados à senescência, primeiro em cobaias e, se tudo der certo, em seres humanos.

"Os senolíticos são uma nova classe de medicamentos com grande potencial para aliviar o envelhecimento. No entanto, os que havíamos descoberto até agora são bastante inespecíficos e, portanto, podem ter efeitos colaterais fortes. É por isso que há muito interesse em uma segunda geração de medicamentos, os senolíticos direcionados, que devem eliminar as células senescentes sem afetar o resto," disse Macip.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Targeted clearance of senescent cells using an antibody-drug conjugate against a specific membrane marker
Autores: Marta Poblocka, Akang Leonard Bassey, Victoria M. Smith, Marta Falcicchio, Ana Sousa Manso, Mohammad Althubiti, XiaoBo Sheng, Andrew Kyle, Ruth Barber, Mark Frigerio, Salvador Macip
Publicação: Nature Scientific Reports
Vol.: 11, Article number: 20358
DOI: 10.1038/s41598-021-99852-2
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Rejuvenescimento

Desenvolvimento de Medicamentos

Cuidados com a Pele

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.