14/10/2019

Poluição do ar pode causar problemas de saúde mental, como a depressão?

Com informações da New Scientist
Poluição do ar pode causar problemas de saúde mental, como a depressão?
A poluição do ar aumenta o comportamento não-ético e a criminalidade. No lado fisiológico, estudos recentes mostraram que a saúde cardiovascular também é afetada pela poluição do ar.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Poluição e saúde mental

Aumentam indícios de que a poluição do ar pode estar ligada a problemas de saúde mental.

Contudo, embora os dados epidemiológicos sejam preocupantes, estamos longe de entender o processo.

Por exemplo, ainda não está claro se, e como, a poluição pode estar afetando nossos cérebros, ou gerando seus efeitos por outras vias.

"Na verdade, não sabemos muito sobre o assunto. Só temos alguns estudos e a maioria tem problemas metodológicos," confessa a Dra Helen Fisher, do King's College de Londres (Reino Unido), especialista no assunto.

Um dos problemas é a falta de dados sobre qual foi a verdadeira exposição de um indivíduo à poluição do ar, com algumas pesquisas analisando medições da qualidade do ar em toda a cidade, e não em endereços específicos. Esta é uma grande fraqueza metodológica, já que a exposição à poluição do ar pode variar significativamente de uma rua para outra.

A Dra Fischer comentou sobre o mais recente estudo na área, que monitorou a exposição de participantes residindo em condados, que são unidades administrativas que podem chegar a ter milhares de quilômetros quadrados de área.

Analisando dados de 151 milhões de pessoas nos EUA e 1,4 milhão de pessoas na Dinamarca, pesquisadores das universidades de Aarhus (Dinamarca) e Chicago (EUA) constataram que existe uma forte correlação entre baixa qualidade do ar e taxas mais altas de transtorno bipolar, esquizofrenia, transtornos de personalidade e depressão.

Quando a equipe analisou os pedidos de seguro saúde, descobriu que o mais forte indicador de diagnóstico de transtorno bipolar - depois da etnia - era a qualidade do ar. Estudos anteriores já haviam documentado, no Reino Unido, uma correlação entre áreas poluídas e adolescentes relatando experiências psicóticas e poluição do ar local, e, na Suécia, uma correlação entre poluição e distúrbios psiquiátricos em crianças.

Poluição e transtornos mentais

Todos estes estudos sugerem que há uma ligação, mas não necessariamente que a poluição esteja causando essas condições.

Embora as evidências ainda não sejam muito fortes, a Dra Fisher afirma que os dados mostram que há uma associação entre o ar poluído e os transtornos mentais que merece mais pesquisas.

Alguns dos menores poluentes - material particulado conhecido como PM2,5 - podem atravessar a barreira hematoencefálica, potencialmente afetando o cérebro. Outra possibilidade é que o aumento da inflamação no corpo, que é reconhecidamente causado pela poluição do ar, possa induzir a resposta ao estresse do cérebro. Uma terceira possibilidade é a poluição gerando alterações epigenéticas, que afetam a atividade do DNA, talvez levando a níveis alterados de substâncias químicas no cérebro.

Mas a Dra Fisher pede cautela: "Esses são mecanismos muito especulativos," acrescentando que a pesquisa sobre a poluição do ar e os efeitos na saúde mental está cerca de cinco a dez anos atrás do enorme conjunto de evidências sobre os impactos da poluição na saúde física.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Environmental pollution is associated with increased risk of psychiatric disorders in the US and Denmark
Autores: Atif Khan, Oleguer Plana-Ripoll, Sussie Antonsen, Jorgen Brandt, Camilla Geels, Hannah Landecker, Patrick F. Sullivan, Carsten Bocker Pedersen, Andrey Rzhetsky
Publicação: PLoS Biology
DOI: 10.1371/journal.pbio.3000353

Ver mais notícias sobre os temas:

Poluição

Cérebro

Comportamento

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.