28/12/2021

Por que as empresas querem saber se você é de direita ou de esquerda

Redação do Diário da Saúde
Por que as empresas querem saber se você é de direita ou de esquerda
Você sabe como evitar compras por impulso?
[Imagem: University of Wuerzburg]

Ideologia política e compras

A satisfação do cliente é de extrema importância para as empresas.

É essa satisfação que impulsiona o tão eficiente boca-a-boca, a fidelidade dos clientes e as vendas, razão pela qual muitas empresas gastam milhões ou até bilhões de dólares inovando a experiência do cliente.

A novidade na área é que uma nova pesquisa concluiu que a ideologia política dos clientes é um importante impulsionador da sua satisfação. Especificamente, os pesquisadores descobriram que os conservadores (de direita) têm uma satisfação maior com suas compras do que os liberais (progressistas).

A conclusão vem de um grande estudo realizado em vários países por uma equipe da Universidade Católica de Portugal, do Boston College (Londres), da Universidade da Coreia e das universidades do Texas em San Antonio e Rice (EUA).

Satisfação com as compras

O fenômeno da ligação entre a ideologia política e as compras foi documentado por meio de vários estudos conduzidos em laboratório e em campo.

Alguns experimentos analisaram a satisfação dos consumidores com suas compras anteriores reais e mediram sua identidade política em uma escala de nove pontos (1 = "extremamente liberal" a 9 = "extremamente conservador" nos EUA e 1 = "extremamente esquerdista" a 9 = "extrema direita" na Europa).

Os resultados mostram que um aumento de um ponto no conservadorismo político dos consumidores está associado a um aumento médio de 5% em sua satisfação com as compras reais.

Em outros testes, os pesquisadores criaram uma experiência de produto idêntica que conservadores e liberais consumiram durante o estudo. Especificamente, conservadores e liberais assistiram os mesmos vídeos instrucionais online sobre como completar várias tarefas em casa (por exemplo, fazer exercícios em casa). Os resultados indicam que os conservadores ficaram mais satisfeitos com essa experiência de consumo do que os liberais.

A equipe analisou também dados reais de satisfação do cliente obtidos no campo, como avaliações online e pesquisas de empresas sobre a satisfação do cliente, abrangendo várias categorias de produtos e serviços, incluindo restaurantes, viagens aéreas, seguro saúde e serviços interempresas. Independentemente do contexto ou categoria, os conservadores mostraram-se consistentemente mais satisfeitos do que os liberais.

Isso é importante para as empresas porque os níveis mais altos de satisfação do cliente aumentam a probabilidade dos conservadores de recomprar os produtos e serviços que consomem e de recomendar esses produtos e serviços a terceiros. Em última análise, isso se traduz em vendas mais altas para as empresas.

"Nós descobrimos que os conservadores estão consistentemente mais satisfeitos do que os liberais porque os conservadores acreditam mais fortemente no livre arbítrio e em sua responsabilidade pessoal por suas ações e resultados do que os liberais. Isso leva os conservadores a confiar mais em suas decisões de compra e a se sentirem mais satisfeitos com o produtos que eles escolhem comprar e consumir," escreveram os pesquisadores.

Por que as empresas querem saber se você é de direita ou de esquerda
Ao ir às compras, prefira objetos do tipo "ter para fazer", como ferramentas e materiais para artesanato que você mesmo usa.
[Imagem: Pixabay]

Ideologia política e compras

De forma mais ampla, esta pesquisa indica que levar em conta a identidade política dos clientes em análises e interpretações de dados de satisfação do cliente, como avaliações online, pode beneficiar as empresas porque a identidade política dos clientes pode influenciar o comportamento de cada um.

De fato, levar em conta o papel da identidade política nos dados de satisfação pode ajudar as empresas a entender melhor até que ponto seus dados de satisfação refletem o desempenho real do produto e o atendimento ao cliente, em vez de uma tendência inerente de seus clientes de se sentirem contentes.

Em última análise, isso pode ajudar as empresas a criar estratégias mais eficazes para melhorar seus produtos e serviços, dizem os pesquisadores.

"Por exemplo, como os conservadores acreditam no livre arbítrio e na responsabilidade individual, fornecer-lhes opções abundantes aumenta ainda mais seu nível de satisfação," afirma a equipe. "Em contraste, a satisfação dos liberais pode ser aumentada por meio de táticas que aumentem sua confiança em suas escolhas de consumo."

Checagem com artigo científico:

Artigo: How Political Identity Shapes Customer Satisfaction
Autores: Daniel Fernandes, Nailya Ordabayeva, Kyuhong Han, Jihye Jung, Vikas Mittal
Publicação: Journal of Marketing
DOI: 10.1177/00222429211057508
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Consumo Responsável

Emoções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.