16/06/2020

Resolvo logo esse assunto ou é melhor deixar pra depois?

Redação do Diário da Saúde
Resolvo logo esse assunto ou é melhor deixar pra depois?
Talvez seja por isso que estresse e ansiedade não sejam sempre ruins.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Emoções mistas

Quando é hora de agendar umas férias, a maioria das pessoas faz isso imediatamente.

Mas, quando se trata de marcar uma consulta com o dentista para fazer um canal, a coisa é mais complicada: Muitas pessoas procrastinam, enquanto outras colocam o assunto no topo da sua lista de tarefas.

"Isso deriva do fenômeno conhecido como 'efeito do sinal'," explica o professor David Hardisty, da Universidade da Colúmbia Britânica (Canadá). "O desejo de uma pessoa de obter coisas positivas imediatamente é mais forte do que seu desejo de adiar as negativas. No entanto, o momento em que uma pessoa quer lidar com coisas negativas é menos óbvio."

Depois de realizar uma série de experimentos com voluntários, Hardisty e sua equipe descobriram que, quando as pessoas olham para eventos positivos no futuro - como as férias - elas experimentam prazer, mas também impaciência, o que contribui para uma experiência emocional mista.

Quando se trata de problemas futuros, no entanto, a emoção tende a ser muito ruim - mesmo que o dia de ir ao dentista fazer o canal esteja longe e a vida neste momento seja boa. Assim, em vez de adiar esses eventos negativos, muitos preferem tirá-los do caminho o mais rápido possível.

"Quando você está reservando seu pacote de férias, está por antecipação desfrutando das férias, o que é ótimo, mas também está contrastando [as férias] com a sua situação atual, que é ruim. Então você tem essa mistura. E, para as perdas, é mais um sentimento ruim unidimensional. Quando você tem uma consulta com um dentista se aproximando, você não gosta de pensar na dor sentado na cadeira odontológica," explicou Hardisty.

Programar momentos bons e ruins da vida

O pesquisador também aponta que algumas pessoas procrastinam e adiam eventos negativos, mas não tanto quanto muitos esperariam, porque a antecipação negativa é muito desagradável.

Os resultados dos experimentos com voluntários também contrariam pesquisas anteriores que argumentavam que as pessoas adiam eventos positivos para poder saborear sua doce antecipação.

Embora esses dados revelem uma visão fascinante do comportamento humano, Hardisty afirma que eles também têm muitas aplicações práticas em uma ampla gama de situações, desde estudar um empréstimo para comprar um carro novo até programar planos de aposentadoria.

"É emocionante ter uma explicação de por que as pessoas fazem escolhas da maneira que fazemos," disse ele. "Espero que isso leve a melhores intervenções que possam ajudar as pessoas a fazer melhores escolhas de longo prazo sobre suas finanças e outros eventos da vida".

Checagem com artigo científico:

Artigo: Impatience and Savoring vs. Dread: Asymmetries in Anticipation Explain Consumer Time Preferences for Positive vs. Negative Events
Autores: David J. Hardisty, Elke U. Weber
Publicação: Journal of Consumer Psychology
DOI: 10.1002/jcpy.1169
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Emoções

Comportamento

Felicidade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.