16/04/2021

Solidão por trabalhar em casa pode ser combatida com autocompaixão

Redação do Diário da Saúde
Solidão no trabalho em casa pode ser combatida com autocompaixão
Tome cuidado, porque a solidão pode encurtar sua vida.
[Imagem: Pexels/Pixabay]

Solidão no trabalho em casa

As empresas têm emitido várias sinalizações de que manter seus trabalhadores em casa, em vez de no escritório, pode se tornar uma tendência mesmo com o fim da pandemia.

Mas as primeiras pesquisas sobre o tema sugerem que a solidão no trabalho em casa impacta negativamente o bem-estar dos funcionários.

E os sentimentos de solidão no trabalho durante a pandemia foram associados à maior incidência de depressão e a menos comportamentos de trabalho voluntário.

"Queríamos entender quais são os fatores que fomentam a sensação de solidão no trabalho e como essa solidão no trabalho influencia a saúde psicológica e os comportamentos de trabalho dos funcionários. Vimos três fatores diferentes que pensamos que podem reforçar a solidão no trabalho: percepções de insegurança no trabalho, frequência do teletrabalho e comunicação insuficiente de suas empresas sobre como estavam respondendo à pandemia.

"Descobrimos que cada um desses fatores contribuiu para a sensação de solidão no trabalho e também descobrimos que a solidão no trabalho esteve associada à depressão e a menos comportamentos voluntários de ajuda no trabalho," destaca a professora Stephanie Andel, da Universidade de Indiana (EUA).

Autocompaixão

O estudo envolveu trabalhadores de uma ampla gama de setores, incluindo indústria, tecnologia (como programação de computadores), varejo e educação. Os resultados são baseados em pesquisas semanais com esses voluntários durante três meses.

Os dados revelaram que, quando as pessoas se sentem solitárias no trabalho em casa elas experimentam mais sintomas depressivos e são menos propensas a ir além no desempenho de suas funções, como ajudar um colega de trabalho - algo que muitas organizações podem ter esperado que seus funcionários fizessem durante a pandemia.

Mas há esperança - na forma de autocompaixão.

A professora Andel e seus colegas descobriram que a autocompaixão - ser gentil consigo mesmo em momentos de sofrimento - pode mitigar alguns dos efeitos negativos da solidão no trabalho.

"Descobrimos que a autocompaixão ajuda a proteger os funcionários de alguns dos efeitos negativos da solidão no trabalho," disse Andel. "Suspeitamos que isso ocorre porque a autocompaixão leva os indivíduos a serem mais gentis consigo mesmos, os torna mais propensos a reconhecer que não estão sozinhos em seus sentimentos e os ajuda a ter consciência de - mas não serem consumidos por - seus sentimentos negativos."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Depending on Your Own Kindness: The Moderating Role of Self-Compassion on the Within-Person Consequences of Work Loneliness During the COVID-19 Pandemic
Autores: Stephanie A. Ande, Winny Shen, Maryana L. Arvan
Publicação: Journal of Occupational Health Psychology
DOI: 10.1037/ocp0000271
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Trabalho e Emprego

Emoções

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.