03/05/2021

Tatuagem invisível poderá monitorar indicadores de saúde

Redação do Diário da Saúde
Tatuagem invisível poderá monitorar indicadores de saúde
Nanopartículas de ouro incorporadas em um hidrogel poroso podem ser implantadas sob a pele e usadas como sensores médicos - o sensor é como uma tatuagem invisível.
[Imagem: Nanobiotechnology Group/JGU]

Tatuagem invisível

Um novo tipo de sensor implantável transmite continuamente informações de saúde vitais, incluindo concentrações de substâncias ou medicamentos no corpo.

Podendo funcionar no corpo por vários meses, o sensor é baseado em nanopartículas de ouro cujas cores são modificadas conforme entram em contato com substâncias específicas.

Nanopartículas de ouro funcionam como pequenas antenas para a luz: Elas a absorvem e espalham fortemente a luz e, portanto, parecem muito coloridas.

Mas elas reagem às alterações ao seu redor, mudando de cor. E a cor que apresentam é um indicador preciso de uma determinada substância.

Para evitar qualquer constrangimento, os pesquisadores usaram nanopartículas que emitem luz no infravermelho, o que significa que elas não são visíveis a olho nu. No entanto, um dispositivo especial de medição pode detectar sua cor de forma não invasiva através da pele.

"Nosso sensor é como uma tatuagem invisível, não muito maior que uma moeda de um centavo e mais fino que um milímetro," disse o professor Carsten Soennichsen, da Universidade Johannes Gutenberg de Mainz (Alemanha).

Monitoramento da saúde

Para evitar que as partículas minúsculas escapem pelo corpo ou sejam degradadas pelas células do sistema imunológico, elas são inseridas em um hidrogel poroso com consistência semelhante a um tecido.

Uma vez implantados sob a pele, pequenos vasos sanguíneos e células crescem nos poros. O sensor fica integrado no tecido e não é rejeitado como um corpo estranho.

Implantado sob a pele de cobaias, o sensor permaneceu mecânica e opticamente estável por vários meses.

Segundo a equipe, no futuro sensores implantáveis como estes poderão ser usados para observar concentrações de diferentes biomarcadores ou medicamentos no corpo simultaneamente, para gerenciar doenças crônicas, por exemplo.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Implantable Sensors Based on Gold Nanoparticles for Continuous Long-Term Concentration Monitoring in the Body
Autores: Katharina Kaefer, Katja Krüger, Felix Schlapp, Hüseyin Uzun, Sirin Celiksoy, Bastian Flietel, Axel Heimann, Thies Schroeder, Oliver Kempski, Carsten Sönnichsen
Publicação: Nano Letters
DOI: 10.1021/acs.nanolett.1c00887
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Sensores

Nanotecnologia

Diagnósticos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.