14/12/2021

Teste cognitivo pela internet prevê primeiros sinais de demência mais cedo

Redação do Diário da Saúde
Teste cognitivo pela internet prevê primeiros sinais de demência mais cedo
O teste identifica com precisão os primeiros sinais de demência pelo menos seis meses antes do teste padrão, permitindo que o tratamento comece mais cedo.
[Imagem: Wexner Medical Center/Divulgação]

Teste online para Alzheimer

Muitas pessoas experimentam o esquecimento à medida que envelhecem, mas geralmente é difícil dizer se esses problemas de memória são uma parte normal do envelhecimento ou um sinal de algo mais sério.

Para dirimir essas dúvidas, o professor Douglas Scharre e seus colegas da Universidade do Estado de Ohio (EUA) desenvolveram um teste simples e autoaplicável que consegue identificar os primeiros sinais sutis de demência mais cedo do que o teste cognitivo padrão comumente usado nos consultórios.

O teste, batizado de SAGE (sigla em inglês para Exame Gerocognitivo Auto-administrado) pode permitir uma detecção precoce que pode ajudar nos tratamentos - ainda que não haja terapias comprovadamente eficazes contra o Alzheimer, por exemplo, novas terapêuticas para demência estão sendo desenvolvidas continuamente.

Embora o teste não ofereça um diagnóstico definitivo de condições como o Alzheimer, ele permite que os médicos obtenham uma linha de base do funcionamento cognitivo dos seus pacientes, e a repetição do teste ao longo do tempo permite acompanhar as habilidades de memória e de pensamento ao longo do tempo.

"Frequentemente, os médicos de atenção primária podem não reconhecer défices cognitivos sutis durante as visitas de rotina ao consultório," acrescenta o professor Scharre.

Teste cognitivo pela internet

O teste pode ser feito em qualquer lugar sempre que houver preocupações cognitivas.

Leva apenas cerca de 10 a 15 minutos para ser concluído e quatro questionários intercambiáveis foram projetados para reduzir os efeitos da aprendizagem normal resultante da execução recorrente do mesmo teste ao longo do tempo. Os domínios cognitivos testados incluem orientação, linguagem, cálculos, memória, abstração, função executiva e habilidades de construção.

"Se a pessoa fizer o teste a cada seis meses e sua pontuação cair dois ou três pontos em um ano e meio, isso é uma diferença significativa, e seu médico pode usar essa informação para identificação das causas da perda cognitiva e para tomar decisões de tratamento," disse Scharre.

O teste é gratuito e está disponível na internet, mas por enquanto apenas no idioma inglês. O endereço é wexnermedical.osu.edu/SAGE.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Self-Administered Gerocognitive Examination: longitudinal cohort testing for the early detection of dementia conversion
Autores: Douglas W. Scharre, Shu ing Chang, Haikady N. Nagaraja, Natalie C. Wheeler, Maria Kataki
Publicação: Alzheimers Research & Therapy
Vol.: 13, Article number: 192
DOI: 10.1186/s13195-021-00930-4
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Diagnósticos

Memória

Neurociências

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.