17/01/2011

Tomate tem nutriente que evita doenças cardiovasculares

Redação do Diário da Saúde
Tomate tem nutriente que evita doenças cardiovasculares
Cientistas japoneses descobriram no tomate, fruto mais produzido no mundo, um composto que contribui para a regulação do metabolismo lipídico hepático.
[Imagem: Wikimedia]

Fruto mundial

O tomate é o fruto mais produzido no mundo.

Agora, cientistas no Japão descobriram que, além do mundialmente conhecido sabor agradável, os tomates contêm nutrientes que podem evitar o surgimento de doenças vasculares.

A pesquisa, publicada na revista Molecular Nutrition & Food Research, revela que um composto extraído do tomate, chamado 9-oxo-octadecadienóico, tem efeitos anti-dislipidêmicos.

Dislipidemia

A equipe, liderada pelo Dr. Teruo Kawada, da Universidade de Quioto, concentrou suas pesquisas nos extratos que interferem com a dislipidemia, uma condição causada por uma quantidade anormal de lipídios, tais como o colesterol ou gordura, na corrente sanguínea.

"A dislipidemia em si normalmente não causa sintomas," disse Kawada "no entanto, ela pode levar a doenças vasculares sintomáticas, como arteriosclerose e cirrose. A fim de evitar essas doenças é importante evitar um maior acúmulo de lipídios."

O tomate já é conhecido por conter muitos compostos benéficos para a saúde, como o licopeno, capaz de prevenir o câncer.

Neste estudo, a equipe analisou somente o ácido 9-oxo-octadecadienóico, para testar as suas propriedades potenciais anti-dislipidemia.

Alimentos para o coração

Os cientistas descobriram que o composto melhora a oxidação dos ácidos graxos e contribui para a regulação do metabolismo lipídico hepático.

Isto sugere que o ácido tem efeitos anti-dislipidemia e pode, portanto, ajudar a prevenir as doenças vasculares.

"Encontrar um composto que ajuda na prevenção das doenças crônicas relacionadas à obesidade em produtos alimentícios é uma grande vantagem para a luta contra essas doenças," afirma Kawada. "Isso significa que o tomate permite que as pessoas podem evitar facilmente o início da dislipidemia através da sua dieta diária."


Ver mais notícias sobre os temas:

Medicamentos Naturais

Alimentação e Nutrição

Plantas Medicinais

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.