16/03/2010

Vacina contra a gripe A já chegou a 200 mil pessoas em São Paulo

Redação do Diário da Saúde

Turma da saúde

Balanço parcial da Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo mostra que os profissionais de saúde tiveram boa adesão à campanha de vacinação contra a Gripe A(H1N1).

Nos três primeiros dias da campanha, cerca de 200 mil pessoas já haviam sido imunizadas contra a doença, o equivalente a 28,3% do total de trabalhadores da saúde.

Durante a primeira etapa da campanha, que começou em 8 de março, serão vacinados em todo o Estado 704,7 mil profissionais da área da saúde. Esta fase da campanha termina no próximo dia 19. Veja o cronograma completo da vacinação contra a Gripe A.

Vacinação dos profissionais de saúde

Os profissionais de saúde a serem vacinados são aqueles que trabalham em serviços de saúde envolvidos diretamente na resposta à pandemia, em 6,4 mil serviços de saúde do Estado, público, privados e conveniados, entre hospitais, prontos-socorros, Unidades Básicas de Saúde e unidades de Saúde da Família, entre outros.

Seguindo as diretrizes do Ministério, deverão receber a vacina médicos, enfermeiros, auxiliares de enfermagem, recepcionistas, pessoal de limpeza e segurança, motoristas de ambulância, equipes de laboratório e profissionais que atuam em investigação epidemiológica.

A vacinação dos profissionais de saúde ocorrerá no próprio local de trabalho dos profissionais.

"É importante que os trabalhadores da saúde dos serviços envolvidos na resposta à pandemia estejam imunizados para que não se contaminem e possam manter o sistema de atendimento funcionando caso haja aumento de número de casos" explica a diretora da Divisão de Imunização Helena Sato.

Etapas da vacinação da Gripe A

A segunda fase da vacinação contra a nova gripe, que começa em 22 de março, incluirá as gestantes, crianças a partir de seis meses e menores de dois anos de idade e os portadores de doenças crônicas, asmáticos graves, diabetes, pessoas imunodeprimidas, cardiopatas e portadores de doenças respiratórias crônicas, dentre outros.

As gestantes poderão ser vacinadas entre 22 de março e 21 de maio. Já a vacinação para crianças de seis meses a dois anos e para os portadores de doenças crônicas terminará em 2 de abril.

Na terceira etapa da campanha, que ocorrerá entre os dias 5 e 23 de abril, será vacinada a população paulista de 20 a 29 anos de idade. E de 24 de abril a 7 de maio, quarta etapa da vacinação, receberão a vacina contra a gripe A H1N1 os idosos com 60 anos ou mais portadores de doenças crônicas. Os demais idosos irão tomar a vacina contra a gripe comum (sazonal).

Na última etapa, de 10 a 21 de maio, a população-alvo será os adultos com idades entre 30 e 39 anos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Vacinas

Epidemias

Infecções

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.