Alimentação pouco saudável afeta saúde mental

Alimentação pouco saudável afeta saúde mental
"Este e outros estudos como este podem ter grandes implicações para tratamentos em medicina comportamental."
[Imagem: LLU.edu/Divulgação]

Alimentação e saúde mental

Uma alimentação de má qualidade mostrou-se fortemente associada a problemas de saúde mental, como depressão e ansiedade - independentemente de características pessoais como sexo, escolaridade, idade, estado civil e nível de renda.

Os adultos que consumiam mais alimentos não saudáveis também apresentaram maior probabilidade de relatar sintomas de sofrimento psicológico moderado ou grave do que seus pares que consumiam uma dieta mais saudável.

Um elevado consumo de açúcar mostrou-se associado com transtorno bipolar, por exemplo, enquanto o consumo de frituras, alimentos que contêm grandes quantidades de açúcar e grãos processados foram associados a uma maior incidência de depressão.

Jim Banta, professor da Escola de Saúde Pública da Universidade Loma Linda (EUA), afirmou que os resultados são semelhantes aos de estudos anteriores realizados em outros países.

"Este e outros estudos como este podem ter grandes implicações para tratamentos em medicina comportamental," disse o pesquisador. "Talvez tenha chegado o momento de olharmos mais de perto o papel da dieta na saúde mental, porque pode ser que as escolhas alimentares saudáveis contribuam para a saúde mental. Mais pesquisas são necessárias antes que possamos responder definitivamente, mas as evidências parecem estar apontando nessa direção."

Medicina comportamental

O professor Banta alerta que a ligação encontrada entre uma má alimentação e a doença mental não é uma relação causal - as duas coisas vêm juntas, mas não é possível dizer que uma causa a outra -, uma vez que o estudo usou dados epidemiológicos.

Ainda assim, ele disse que os resultados consistentes com estudos anteriores podem embasar as abordagens que os profissionais de saúde administram para tratamentos de medicina comportamental.

Os dados mostraram que quase 17% dos adultos da Califórnia são susceptíveis de sofrer de alguma doença mental - 13,2% com sofrimento psicológico moderado e 3,7% com sofrimento psicológico grave.

O estudo foi publicado no International Journal of Food Sciences and Nutrition.


Ver mais notícias sobre os temas:

Alimentação e Nutrição

Comportamento

Neurociências

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.