05/08/2020

Aparelho promete sonhos lúcidos e aumento da criatividade

Redação do Diário da Saúde
Aparelho promete sonhos lúcidos e aumento da criatividade
O aparelho é de código e hardware abertos, de forma que qualquer pessoa - com os conhecimentos e recursos necessários - pode construir o seu.
[Imagem: Oscar Rosello]

Sonhos lúcidos

Engenheiros do MIT (EUA) criaram um aparelho que promete não apenas sonhos lúcidos para qualquer pessoa, como também melhorar a criatividade.

Sonhadores lúcidos são pessoas que consegue ficar conscientes durante o sonho, sabendo que é um sonho - às vezes elas conseguem até ter um papel ativo nesses sonhos.

Embora existam muitas técnicas para induzir sonhos lúcidos, experimentos controlados têm apresentado taxas de sucesso muito baixas, impedindo que os pesquisadores estudem os potenciais benefícios e aplicações dos sonhos lúcidos em problemas psicológicos e traumas, por exemplo.

Adam Horowitz e seus colegas então resolveram automatizar a coisa, criando um aparelho que ajuda a ativar ou manter a consciência durante o sonho.

Aparelho para sonhos lúcidos

O aparelho, batizado de Dormio, foi projetado para ajudar as pessoas a influenciar ou dirigir os pensamentos, "enviando os sonhos na direção correta," afirmam os pesquisadores.

Em essência, o aparelho é um monitor do sono, capaz de detectar e avisar a pessoa que ela entrou em um período conhecido como "hipnagogia", uma espécie de fronteira entre o estado de vigília e o sono, quando ainda estamos parcialmente lúcidos.

"Durante o início do sono, surge uma janela de oportunidade na forma da hipnagogia, um estado de sono semi-lúcido, onde todos começamos a sonhar antes de cairmos totalmente inconscientes. A hipnagogia é caracterizada pela imprevisibilidade fenomenológica, percepção distorcida do espaço e do tempo, perda do senso de si e associação espontânea de ideias fluidas. [Thomas] Edison, [Nikola] Tesla, [Edgar Alan] Poe e [Salvador] Dalí acessavam esse estado cochilando com uma bola de aço na mão, capturando ideias criativas geradas em micro-sonhos hipnagógicos quando a bola caía no chão," explicou a equipe.

Para dispensar a bola de aço e evitar acidentes, a equipe criou o Dormio, que toca um áudio pré-selecionado pelo usuário, avisando-o de que está na hora de assumir o controle e levar os sonhos pelo caminho que ele desejar.

"Essa interação é possibilitada por hardware e software de código aberto, criados sob medida, personalizados especificamente para a hipnagogia, contornando a necessidade de tecnologias tradicionais de rastreamento do sono pesadas e proibitivas. Esse sistema permite pesquisas futuras sobre sono, um estado mental subutilizado e pouco estudado, vital para a memória, o aprendizado e a criatividade," conclui a equipe.

Para aqueles interessados em construir seu próprio aparelho de sonhos lúcidos, o projeto está disponível gratuitamente no endereço https://github.com/tomasero/openSleep.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Dormio: A targeted dream incubation device
Autores: Adam Haar Horowitz, Tony J. Cunningham, Pattie Maes, Robert Stickgold
Publicação: Consciousness and Cognition
Vol.: 83, 102938
DOI: 10.1016/j.concog.2020.102938
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Sono

Memória

Criatividade

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.