12/04/2021

Atenção e memória de trabalho podem ser duas faces da mesma moeda neural

Redação do Diário da Saúde
Atenção e memória de trabalho podem ser duas faces da mesma moeda neural
Ao contrário do que a maioria dos ocidentais imagina, a meditação consiste no aprimoramento da atenção - é por isso que há tanto interesse dos cientistas nas técnicas de atenção plena.
[Imagem: Dean Moriarty/Pixabay]

O que é atenção?

Em 1890, o psicólogo William James descreveu a atenção como o holofote com que iluminamos não apenas o mundo ao nosso redor, mas também no conteúdo das nossas mentes.

A maioria dos cientistas cognitivos desde então traçou uma distinção nítida entre o que James chamou de "atenção sensorial" e "atenção intelectual", agora geralmente chamadas de "atenção" e "memória de trabalho".

Mas James não as via como coisas separadas, e sim como duas variedades do mesmo processo mental.

E uma nova pesquisa feita por neurocientistas da Universidade de Princeton (EUA) dá razão a James.

Matthew Panichello e Timothy Buschman confirmaram que a atenção para o mundo exterior e a atenção para nossos próprios pensamentos são, na verdade, dois lados da mesma moeda neural.

Além do mais, eles observaram a moeda enquanto ela virava dentro do cérebro, confirmando que a atenção e a memória de trabalho compartilham os mesmos mecanismos neurais.

Além disso, o trabalho também revela como as representações neurais das memórias e da atenção são transformadas à medida que direcionam o comportamento.

"Quando agimos com base nas informações sensoriais, nós chamamos isso de 'atenção'," exemplificou Buschman. "Mas existe um mecanismo semelhante que pode agir sobre os pensamentos que mantemos na mente."

Atenção e memória de trabalho

Em um par de experimentos com macacos rhesus, os pesquisadores descobriram que os neurônios nos córtices pré-frontais que focam a atenção em estímulos sensoriais são os mesmos que focalizam um item da memória de trabalho.

Além do mais, as representações neurais dessas memórias se realinham no cérebro, o que pôde ser visto enquanto os macacos selecionavam com quais memórias trabalhariam.

"A atenção permite que você concentre seus recursos em um estímulo específico, enquanto um processo de seleção semelhante acontece com itens na memória de trabalho. Nossos resultados mostram que o córtex pré-frontal usa uma representação para controlar tanto a atenção quanto a memória de trabalho.

"Nosso objetivo não é substituir a palavra 'atenção'. Em vez disso, esperamos que as descobertas de décadas de pesquisas sobre a atenção possam ser generalizadas para lançar luz sobre outras formas de funções executivas. A atenção tem sido bem estudada como o controle cognitivo das entradas sensoriais. Nossos resultados começam a ampliar esses conceitos para outros comportamentos," disse Buschman.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Shared mechanisms underlie the control of working memory and attention
Autores: Matthew F. Panichello, Timothy J. Buschman
Publicação: Nature
DOI: 10.1038/s41586-021-03390-w
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Mente

Memória

Meditação

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.