30/08/2019

Suas atitudes em relação aos outros também são contagiosas

Redação do Diário da Saúde
Suas atitudes em relação aos outros também são contagiosas
Não seja rápido em julgar alguém a partir do comportamento de terceiros: Você pode estar sendo influenciado por sinais não-verbais.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Contágio das emoções

Também no campo do comportamento e da psicologia, inúmeras coisas são contagiosas: Prudência, impaciência e preguiça são contagiosas, a grosseria no trabalho é contagiosa, a felicidade é contagiosa, as emoções positivas são mais contagiosas do que as negativas e até a violência é contagiosa entre adolescentes e jovens.

Por isso esse campo de pesquisas é fervilhante, e a Dra Allison Skinner, da Universidade Northwestern (EUA), queria saber se as atitudes também entram nessa lista. Por exemplo, se você conhecesse duas pessoas novas e seus amigos parecessem ser mais amigáveis com uma dessas duas pessoas, isso levaria você a gostar mais dessa pessoa do que da outra?

Como essas coisas tipicamente acontecem sem que os envolvidos expressem suas opiniões explicitamente, a equipe decidiu estudar se as pessoas podem adquirir atitudes em relação a outros indivíduos a partir dos sinais não-verbais que são direcionados a eles.

"Isso é importante porque muitas vezes não estamos explicitamente pensando sobre os sinais não-verbais que as pessoas apresentam. Então poderíamos estar captando em nosso ambiente mensagens de sinais não-verbais dos quais nem sequer estamos cientes," justificou a Dra Skinner.

Atitudes são contagiosas

O que se constatou foi que, depois que voluntários assistiram a um breve e silencioso vídeo de indivíduos interagindo, eles adquiriram atitudes em relação aos indivíduos no vídeo com base nos sinais não-verbais que foram exibidos em relação a esses indivíduos.

Isto foi verdadeiro para as atitudes das quais as pessoas estavam explicitamente conscientes, mas também afetou suas atitudes implícitas. Em outras palavras, sim, as atitudes são contagiosas.

"Isso significa que as pessoas foram mais rápidas em associar o indivíduo que recebeu sinais não-verbais positivos com coisas boas do que o indivíduo que recebeu sinais não-verbais negativos," disse Skinner. "Isso foi especialmente interessante porque a maioria dos nossos participantes não acreditava que os sinais não-verbais exibidos em relação aos indivíduos nos vídeos influenciavam suas atitudes. Apenas cerca de 30% das pessoas indicaram que a forma como os indivíduos foram tratados influenciou suas atitudes em relação a eles."

A pesquisadora acrescenta que esse fenômeno do contágio das atitudes pode abrir os olhos para muitos aspectos dos relacionamentos na vida cotidiana.

"Isso tem implicações importantes sobre como as pessoas entendem as mensagens não-verbais a que estão expostas na vida cotidiana. Esses resultados sugerem que, quando vemos pessoas sendo menos amigáveis em relação a um indivíduo do que a outro, muitas vezes atribuímos a hostilidade ao alvo. Acreditamos que gostamos menos deles porque eles não parecem ser muito amigáveis, quando, na verdade, são os outros que não foram muito amigáveis para com eles."

Checagem com artigo científico:

Artigo: Are Attitudes Contagious? Exposure to Biased Nonverbal Signals Can Create Novel Social Attitudes
Autores: Allison L. Skinner, Sylvia Perry
Publicação: Personality and Social Psychology Bulletin
DOI: 10.1177/0146167219862616

Ver mais notícias sobre os temas:

Comportamento

Emoções

Relacionamentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2019 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.