08/02/2021

Descoberto composto que retarda envelhecimento ósseo

Redação do Diário da Saúde
Descoberto composto que retarda envelhecimento ósseo
Coluna vertebral de ratos jovens (esquerda) e de ratos velhos (direita).
[Imagem: Simon Melov]

Retardar o envelhecimento dos ossos

Um composto que prolonga a vida de um minúsculo verme nematoide também se mostrou capaz de retardar a perda óssea em mamíferos idosos.

"Se você tem um medicamento que estende a vida de um animal simples, que não tem nenhum osso, você certamente não diria que isso diminuiria a taxa de envelhecimento ósseo em um mamífero," comentou o professor Gordon Lithgow, do Instituto Buck de Pesquisas sobre o Envelhecimento.

Essa descoberta surpreendente vem de um estudo longitudinal e funcional de 700 camundongos durante seu envelhecimento, um projeto que forneceu um tesouro de dados para pesquisadores que desejam desenvolver terapêuticas para retardar o envelhecimento e doenças relacionadas ao envelhecimento.

O projeto, que envolve cinco laboratórios e levou vários anos para ser concluído, envolveu construir o perfil dos camundongos individuais à medida que envelheciam e eram submetidos a várias terapias que se mostraram capazes de prolongar a vida em organismos modelo mais simples ou que já se sabia poderem reduzir as doenças neurológicas nos próprios camundongos.

Os pesquisadores estabeleceram taxas de mudança para parâmetros clinicamente significativos durante o envelhecimento, incluindo cifose (desenvolvimento de corcunda), glicose no sangue, composição corporal, atividade física, medidas metabólicas e parâmetros detalhados de envelhecimento esquelético nos ossos.

O estudo envolveu a coleta e análise de terabytes de dados ao longo de vários anos.

"Este é um recurso único que vem de um estudo de vários fenótipos de envelhecimento que nunca haviam sido examinados antes," disse o professor Simon Melov, membro da equipe. "Nossa esperança é que nossos dados permitam que aqueles que trabalham em estudos pré-clínicos essencialmente modelem experimentos virtualmente, a fim de fornecer um ponto de partida para testar outras intervenções."

Benzoxazol

O benzoxazol, o composto que retardou o envelhecimento ósseo em até 31% ao longo de um ano de tratamento nos camundongos, foi identificado pela primeira vez como um dos cinco compostos que prolongam a vida do nematoide Caenorhabditis elegans, muito pesquisado porque seu ciclo de vida curto permite testar muitas drogas em pouco tempo.

"É óbvio que as vias relacionadas ao envelhecimento foram conservadas durante a evolução. Esta nova descoberta é um grande exemplo da utilidade da triagem de compostos em animais simples como ponto de partida para buscar benefícios inesperados e surpreendentes em mamíferos," disse Lithgow.

O benzoxazol parece suprimir a agregação de proteínas relacionada à idade. O mecanismo de ação nos ossos dos camundongos ainda está em estudo, embora os pesquisadores já adiantem que o composto parece retardar a reabsorção dos osteoclastos, células ósseas que são ativas durante o crescimento e a cicatrização.

O professor Melov afirma que as descobertas desse grande estudo são relevantes para os humanos, especialmente no que diz respeito aos fenótipos pré-clínicos.

"As métricas que usamos são todas diretamente aplicáveis ao envelhecimento em humanos. Eles literalmente têm correlações clínicas diretas para os tipos de coisas que você mede em humanos," concluiu.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Longitudinal Functional Study of Murine Aging: A Resource for Future Study Designs
Autores: Daniel S. Evans, Monique N. OLeary, Ryan Murphy, Minna Schmidt, Kristin Koenig, Michael Presley, Brittany Garrett, Ha-Neui Kim, Li Han, Emmeline C. Academia, Matt J. Laye, Daniel Edgar, Christopher A. Zambataro, Tracey Barhydt, Colleen M. Dewey, Jarrott Mayfield, Joy Wilson, Silvestre Alavez, Mark Lucanic, Brian K. Kennedy, Maria Almeida, Julie K. Andersen, Pankaj Kapahi, Gordon J Lithgow, Simon Melov
Publicação: Journal of Bone and Mineral Research Plus
DOI: 10.1002/jbm4.10466
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Ossos e Articulações

Terceira Idade

Prevenção

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.