13/12/2021

Desenvolvido primeiro sistema de entrega de anticorpos dentro do organismo

Redação do Diário da Saúde
Desenvolvido primeiro sistema de entrega de anticorpo dentro do organismo
Ilustração esquemática dos novos cristais de anticorpos e sua capacidade de procurar especificamente células cancerosas para detectá-las e administrar medicamentos com precisão sem precedentes.
[Imagem: Karen Alt et al. - 10.1002/adma.202106607]

Entrega de anticorpos e medicamentos

Parece coisa de ficção científica: Um cristal feito pelo homem que pode ser anexado a anticorpos e, em seguida, "turbiná-los" com medicamentos ou contrastes de imagem capazes de procurar células doentes com a mais alta precisão, resultando em menos efeitos colaterais adversos para o paciente.

Parece, mas é exatamente isso que pesquisadores das universidades Monash (Austrália) e Graz (Áustria) acabam de desenvolver.

O termo técnico para esses "cristais" é estrutura metal-orgânica, ou MOF, um material super poroso que vem sendo usado para várias aplicações na química e engenharia.

Mas esta é a primeira vez que os MOFs foram usados para desenvolver um sistema de entrega de anticorpos ou medicamentos, prometendo acelerar o desenvolvimento de novas terapias para o câncer, doenças cardiovasculares e autoimunes.

Tratamentos personalizados e doses menores

Os primeiros experimentos in vitro (em culturas de células) mostraram que, quando os cristais MOF dotados de anticorpos se ligam às células cancerosas-alvo, eles se rompem devido ao baixo pH das células, liberando os medicamentos diretamente e somente na área desejada.

A estrutura metal-orgânica, uma mistura de íons de metal (zinco) e carbonato, recebeu uma pequena molécula orgânica (um imidazol, um composto sólido incolor que é solúvel em água). Ela não só manteve a carga ligada ao anticorpo, como também pode atuar como um reservatório de medicamentos, para liberar mais tarde.

Esta é uma tecnologia com potencial para se tornar uma nova ferramenta médica para tratar doenças específicas com medicamentos personalizados e doses otimizadas.

"O método oferece a oportunidade de personalizar o tratamento e, dada a precisão alcançável, pode eventualmente alterar a dosagem atual necessária para os pacientes, resultando em menos efeitos colaterais e tornando os tratamentos mais baratos," disse o professor Christoph Hagemeyer, coordenador da equipe.

O próximo passo será testar a técnica em cobaias.

Checagem com artigo científico:

Artigo: Self-Assembly of Orientated Antibody-Decorated Metal-Organic Framework Nanocrystals for Active Targeting Applications
Autores: Karen Alt, Francesco Carraro, Edwina Jap, Mercedes Linares-Moreau, Raffaele Riccò, Marcello Righetto, Marco Bogar, Heinz Amenitsch, Rania A. Hashad, Christian Doonan, Christoph E. Hagemeyer, Paolo Falcaro
Publicação: Advanced Materials
DOI: 10.1002/adma.202106607
Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Tratamentos

Medicamentos

Sistema Imunológico

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2022 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.