Gordura ruim pode ser convertida em gordura saudável e reimplantada

Gordura ruim pode ser convertida em gordura saudável e reimplantada
A técnica converte a gordura branca em gordura marrom, que então pode ser reimplantada no paciente.
[Imagem: Brian Gillette/Columbia Engineering]

Conversão de gordura branca em gordura marrom

O aumento da gordura marrom saudável logo poderá se tornar uma terapia para ajudar no controle do peso e reduzir os sintomas de condições como o diabetes.

O tecido adiposo marrom queima quantidades enormes de energia para gerar calor, e estudos em humanos e animais sugerem que aumentar a quantidade de gordura marrom saudável pode até ajudar na luta contra o envelhecimento.

No entanto, descobrir uma maneira segura e eficaz de aumentar a gordura marrom no corpo tem sido um desafio significativo para os pesquisadores.

Uma equipe da Universidade de Colúmbia (EUA) desenvolveu agora um método inovador e simples para converter diretamente a gordura branca ("ruim") em gordura marrom.

A técnica é feita fora do corpo - a gordura branca é coletada do paciente, convertida e, em seguida, a gordura marrom é reimplantada no próprio paciente.

Transplante de gordura

A técnica usa procedimentos de enxerto de gordura comumente realizados por cirurgiões plásticos, nos quais a gordura é coletada sob a pele e então retransplantada no mesmo paciente para fins cosméticos ou reconstrutivos.

"Nossa abordagem para aumentar a gordura marrom é potencialmente mais segura do que os medicamentos, porque a única coisa que entra nos pacientes é o seu próprio tecido, e [a técnica] é altamente controlável porque podemos ajustar a quantidade de gordura marrom que injetamos. O processo também é tão simples que poderia ser potencialmente realizado usando um sistema automatizado dentro de um consultório médico ou clínica," disse o Dr. Sam Sia.

Em um dos experimentos, a gordura branca subcutânea de camundongos foi diretamente convertida em gordura marrom fora do corpo e, após a injeção na mesma cobaia, a gordura marrom sobreviveu e permaneceu estável por um longo período.

"A persistência da gordura marrom convertida é muito importante porque sabemos que, quando a gordura branca é naturalmente estimulada a transformar-se em gordura marrom in vivo, por exposição ao frio, por exemplo, ela pode mudar rapidamente quando a estimulação é removida," explicou o pesquisador Brian Gillette. "Mesmo que possamos repetir o procedimento várias vezes se precisarmos, já que é minimamente invasivo, é essencial que a gordura marrom sobreviva bem e permaneça estável para que possa funcionar como uma terapia eficaz."

Os pesquisadores então usaram seus métodos na gordura subcutânea humana e foram capazes de convertê-lo efetivamente em gordura marrom, mas ainda não foi feito o transplante da gordura em humanos.


Ver mais notícias sobre os temas:

Tratamentos

Cirurgias Plásticas

Alimentação e Nutrição

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2018 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.