14/08/2017

Executivos que pedem feedback melhoram desempenho da empresa

Redação do Diário da Saúde
Executivos que pedem <i>feedback</i> melhoram desempenho da empresa
Nem todo mundo é carismático e visionário: Nestes casos, é melhor adotar uma dose razoável de humildade.
[Imagem: CC0 Public Domain/Pixabay]

Humildade gerencial

Empresários, diretores e executivos que pretendem impulsionar a produtividade nas suas empresas devem aprender a lidar com uma ferramenta antiga, mas valiosa: a humildade.

Mas não será preciso assumir nenhuma postura santificante para começar a obter resultados.

De fato, algo tão simples quanto pedir feedback para os colaboradores diretos pode gerar retornos importantes.

"Nós fornecemos a primeira evidência de que o feedback dos membros da equipe de gerenciamento é uma ferramenta super importante através da qual os CEOs podem fortalecer a equipe e melhorar o desempenho da empresa," disse Sue Ashford, professora de Administração e Organização da Universidade de Michigan (EUA).

Aumento na confiança

Ashford e seus colaboradores desenvolveram e testaram um modelo conceitual para explorar os efeitos de comportamentos mais ou menos humildes exercidos no topo da hierarquia organizacional e analisaram respostas de altos executivos de 65 empresas.

Os resultados mostraram que um diretor que solicita feedback sobre seu próprio desempenho para seus principais gerentes melhora a confiança da equipe e, por meio desse aumento de confiança, afeta positivamente o desempenho da empresa.

O estudo também mostra que essa busca por um feedback pode ser um substituto útil para formas mais heroicas de liderança, como articular uma visão empresarial e apresentá-la para o grupo.

"A busca de feedback é uma estratégia de liderança disponível para aqueles que podem se sentir menos confiantes para determinar e então articular uma visão para a empresa," disse Ashford. "Nossas descobertas destacam a busca do feedback como um meio humilde através do qual os CEOs podem melhorar o desempenho da empresa".

Carisma e humildade

As entrevistas mostraram que os diretores e presidentes afetaram a confiança das suas equipes de gerenciamento - quer criando uma visão para a empresa, quer buscando feedback sobre seu comportamento e suas abordagens na hora de gerenciar. Ambas foram eficazes, mas para alguns líderes ser um visionário não é um estilo confortável ou natural.

Mesmo os executivos que não são grandes articuladores podem alcançar o mesmo sucesso que os líderes mais carismáticos e hábeis, bastando para isso que busquem feedback frequentemente dos seus principais gerentes. Em contraste, os benefícios da busca de feedback são menos eficazes para executivos que são descritos como articuladores e visionários.

"Embora seja necessário realizar mais pesquisas [sobre o tema], estes resultados aumentam a possibilidade de que os CEOs possam ser mais eficientes ao empregar um estilo de liderança mais ou menos humilde, em vez de misturar elementos desses estilos," concluiu Ashford.

Siga o Diário da Saúde no Google News

Ver mais notícias sobre os temas:

Trabalho e Emprego

Relacionamentos

Sentimentos

Ver todos os temas >>   

A informação disponível neste site é estritamente jornalística, não substituindo o parecer médico profissional. Sempre consulte o seu médico sobre qualquer assunto relativo à sua saúde e aos seus tratamentos e medicamentos.
Copyright 2006-2021 www.diariodasaude.com.br. Todos os direitos reservados para os respectivos detentores das marcas. Reprodução proibida.